segunda-feira, 27 de outubro de 2014

.DOIS DIAS EM ATENAS (PARTE 2)



Em baixo deixamos alguns dos locais mais importantes,que merecem ser visitados e que vos manterão ocupados durante um par de dias...
A primeira parte deste guia pode ser lida em:
http://blogdiariodasviagens.blogspot.be/2014/10/dois-dias-em-atenas-parte-1.html


.DIA 2

Sugerimos iniciar o dia de hoje por volta das 9:00 am.
O ponto de partida será a Praça Monastiraki (Plateia Monastirakilou) que a esta hora ainda se recompõe dos excessos da noite anterior e provavelmente se encontra praticamente deserta(por se tratar de uma zona bastante comercial,ao final de tarde este é o ponto de encontro de muitos jovens que aqui se agrupam para conviver,ouvir musica e dançar).
A praça é relativamente pequena e está situada numa área central que permite que nos possamos deslocar facilmente para qualquer lado seja a pé ou de metro.É limitada a norte pela Igreja de Pantanassa e a sul pela Tzistarakis Mosque esta última é um importante vestígio deixado pelos Otomanos aquando da sua presença em Atenas.


Plateia monastirakilou


Igreja Pantanassa


Tzistarakis Mosque

Depois de abandonar a Plateia Monastirakilou pelo lado norte,entram na Rua Ermou e caminham 700 metros para Oeste onde vão encontrar o primeiro local que aconselhamos visitar.


-Cemitério Karameikos

(Incluído no bilhete de 12 euros)
Este cemitério ocupava uma área que se situava nas margens do rio Eridamos no exterior das muralhas da antiga cidade e segundo se sabe já era utilizado no ano 3000 a.C. mas só em 1200 a.C. é que se transformou em algo mais organizado.Atualmente ainda podemos ver diversas pedras tumulares,sarcófagos e estátuas.Apesar de ser mais uma das muitas zonas arqueológicas de Atenas é a única deste tipo.


Cemiterio Karameikos


Cemiterio Karameikos


Cemiterio Karameikos


Cemiterio Karameikos

Após a visita é altura de fazer o caminho no sentido contrário até à Plateia Monastirakilou e logo ali ao lado existe um local onde podem "gastar" mais uma entrada do bilhete de 12 euros.

-Biblioteca de Adriano
(Incluído no bilhete de 12 euros)
Situada a sul da Praça Monastiraki,mesmo ao lado da Tzistarakis Mosque esta bonita obra de mármore branco foi construída entre 132 d.C. e 134 d.C. por ordem do imperador romano Adriano e desempenhava um papel fundamental na vida intelectual do povo Ateniense.
Tal como em grande parte dos locais que temos visitado,também aqui a destruição é quase total e pouco resta da construção original.A parte mais bem conservada e onde ainda sobrevive uma fila de sete colunas praticamente intactas fica do lado esquerdo da entrada principal.


Biblioteca de Adriano

Segundo registos da época a estrutura exterior era composta por 100 colunas que rodeavam o pátio central onde provavelmente existiria um jardim interior.

A biblioteca propriamente dita ocupava toda a área ao fundo (este).Ao centro num grande edifício de dois andares eram guardados os livros (papiros) e de cada um dos lados existia uma sala de leitura e um auditório.


Biblioteca de Adriano


Biblioteca de Adriano


Biblioteca de Adriano

Existe também uma pequena exposição onde se encontra uma estátua da deusa Nike  Romana (Victoria) assim como uma serie de peças encontradas no local.



Estátua da deusa Nike Romana (Victoria)

-Agora Antiga
(Incluído no bilhete de 12 euros)
Para aqui chegar basta seguir pela rua em frente da entrada/saída da Biblioteca de Adriano.
Pode-se dizer que este era o coração da antiga Atenas.O poder político,social,cultural,administrativo e comercial assim como a sede da justiça ficavam neste grandioso espaço repleto de historia.Há mesmo quem afirme que as palavras "democracia" e "ciência" nasceram neste local.


Mapa da Agora Antiga

A Agora antiga era a maior área pública nas imediações da

Acrópole e grande parte das estradas de Atenas vinham ter a este espaço.
Aqui existiam templos,altares,enormes estátuas,fontes e alguns dos mais bonitos edifícios da cidade que obviamente sucumbiram com o passar do tempo.Das mais de 40 estruturas existentes pouco restou.


Agora Antiga

Um dos sobreviventes é a Stoa de Attalos.

Totalmente restaurada (na nossa opinião com um certo excesso de zelo) encontra-se do lado esquerdo da entrada e que nos seus dois andares acolhe o excelente museu da Agora antiga onde estão expostas um sem-número de peças encontradas no local.


Stoa de Attalos (exterior)


Stoa de Attalos (interior)


Algumas peças expostas


Algumas peças expostas


Algumas peças expostas

Exactamente do lado oposto,no topo de uma colina,está o outro monumento que já sofreu alguns trabalhos de reconstrução.

O Templo de Hephaistos foi inaugurado no ano de 450 a.C. como um tributo a Hephaistos e à deusa grega Ergani.
Templo de Hephaistos


Templo de Hephaistos


Templo de Hephaistos

Não muito distante fica outra Agora,mas desta feita de origem Romana.
A Agora Romana é substancialmente menor que a Agora antiga e data de um período posterior ao Século I a.C. altura em que a cidade de Atenas já fazia parte do império Romano.


Agora Romana
Agora Romana

Agora Romana

O espaço era composto por um edifício central chamado fórum e ao seu redor existiam outras construções de onde se destaca a ainda existente e impressionante Torre dos Ventos mandada construir pelo astrónomo Andronicus.O nome original é Horologiom of Andronikos Kyrrhestos e para além de ser usada para fim astrológicos (cada um dos seus quatro lados está alinhado com os pontos cardeais) tinha também a função de relógio.
Destaque ainda para o friso superior onde estão gravadas algumas imagens.


Torre dos Ventos

Torre dos ventos

Outro edifício descoberto após os trabalhos arqueológicos foram as Latrinas  com capacidade para 64 pessoas e que na altura eram um espaço publico e de socialização.
Embora a Agora tivesse duas entradas (propylas) o acesso principal da Agora Romana era feito pela Gate of Athena Archegetis situada a Oeste.


Gate of Athena Archegetis

Por agora vamos fazer uma pausa nos monumentos e o que vos propomos é que se deixem perder num dos bairros mais "castiços" da capital.
O bairro de Plaka fica situado no centro histórico da cidade,na encosta oriental da Acrópole e está classificado como um dos bairros mais antigos de Atenas,visto que data da época da ocupação Otomana.


Ruas do bairro de Plaka

Ruas do bairro de Plaka

Aqui o turismo é palavra de ordem e por todo o lado abundam restaurantes,cafés,hotéis e lojas de souvenirs.Todos estes estabelecimentos dão um ar um pouco boémio à zona,enchendo de vida as ruas estreitas e com pouca planificação que ao longo dos anos foram crescendo e se adaptando ao terreno acidentado transformando a zona num autentico labirinto.
Este local merece definitivamente uma visita pois em Atenas não existe outra zona tão 
colorida.


Ruas do bairro de Plaka

Muitos restaurantes existentes

Ainda em Plaka,mas já perto do topo da encosta encontra-se um pequeno aglomerado de casas e ruas caiadas de branco de aspecto rural que nos "transportam" para as ilhas gregas e por momentos quase nos convencemos que estamos em Santorini.
Esta área tem o nome de Anafiotika.


Anafiotika

Anafiotika

Anafiotika

Anafiotika

Do bairro de Plaka até Syntagma é um "saltinho",daí convidamo-vos a entrarem na rua Panepistimiou para admirarem alguns bonitos edifícios públicos.
Nesta artéria existe um conjunto de três construções que formam a chamada "trilogia neoclássica" de Atenas.
Uma dela é a Academia de Atenas,composta por diversos blocos de aparência distinta mas que em conjunto acabam por se adaptar uns aos outros,formando uma das obras mais harmoniosas da capital.


Academia de Atenas

A Universidade Nacional é o segundo exemplo deste grupo.Foi erguida entre 1839 e 1864 e segue as regras básicas/estéticas do Neoclassicismo.É constituída por um edifício em forma de "H" com dois pátios simétricos (um de cada lado).


Universidade Nacional

Por último encontra-se a Biblioteca Nacional de Atenas que acolhe a mais completa coleção de livros do país.
Dos três esta é a estrutura mais recente.


Biblioteca Nacional
Nenhuma visita a Atenas pode ficar completa sem uma visita ao fantástico Museu da Acrópole onde se encontram expostos muitos dos "tesouros" arqueológicos provenientes da cidade dos deuses.

-Museu da Acrópole
Se durante a estadia em Atenas só tiverem a oportunidade de visitar um museu,este é sem sombra de duvidas a escolha mais acertada.


Museu da Acrópole 
Mapa do Museu da Acrópole


O local está dividido em quatro andares,cada um deles dedicado a um tema diferente.
O nível térreo é onde se situa a entrada,um auditório e também os serviços de apoio aos visitantes (bilheteira,informações,vestiários etc).No corredor que dá acesso ao primeiro andar estão expostos centenas de objectos encontrados nas escavações levadas a cabo por toda a área da Acrópole.




O primeiro piso é reservado ao período arcaico e está em grande parte ocupado com um sem-número de estátuas,algumas delas provenientes de templos anteriores ao Partenon.
É também aqui que estão expostas as famosas cinco estátuas originais do templo de Erechtheion (a sexta encontra-se no British Museum em Londres).


Estatuas no 1° piso

Estatuas originais do Erechtheion

Estatuas originais do Erechtheion

No segundo andar existe um restaurante e um enorme terraço que oferece uma vista privilegiada da Acrópole.


Vista desde o terraço existente no 2° piso

O ultimo piso é a joia da coroa do museu.Na chamada Galeria do Partenon podem ser admirados ao vivo e a cores muitos dos frisos e estátuas originais do grandioso templo (infelizmente,algumas acabaram por ser vendidas ao British Museum e foram substituídas por réplicas de gesso).

Ainda neste andar está instalada uma sala de projeção onde podemos assistir a um filme extremamente elucidativo sobre o Partenon.


Galeria do Partenon


Galeria do Partenon


Galeria do Partenon


Galeria do Partenon

Com a visita ao museu terminada,chega também ao fim o segundo e último dia em Atenas.
Este pequeno guia foi executado com base na nossa recente passagem pela capital Helénica e pretende mostrar que é possível conhecer uma grande maioria das atrações turísticas com um budget relativamente reduzido.
BOA VIAGEM!

Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na pagina do Diario das Viagens no Facebook.


****Os preços e horários apresentados são referentes ao período da nossa passagem (Outubro de 2014) e obviamente estão sujeitos a alterações.


Sem comentários:

Enviar um comentário