sábado, 4 de fevereiro de 2017

.LUANG PRABANG - GUIA PRÁTICO


Luang Prabang é provavelmente o local mais visitado do Laos. Esta pequena cidade cheia de charme fica situada no centro/norte do país, numa península entre os rios Mekong e Nam Khan. 
As montanhas que se estendem a perder de vista, os edifícios coloniais bem conservados, os monges com as suas vestes de tons laranja que se passeiam por toda a parte e os vários templos e mosteiros existentes, dão-lhe uma atmosfera única, capaz de apaixonar quase de imediato quem ali chega. Não é por acaso que a UNESCO não teve dúvidas em classificá-la como património da humanidade. 
Nesta crónica tentaremos mostrar-vos os encantos daquela que é uma das mais bonitas cidades do sudeste Asiático, assim como alguns dos locais e experiências imperdíveis para quem visita Luang Prabang.



 AS NOSSAS SUGESTÕES:

1.DESFRUTAR DA ATMOSFERA DA OLD TOWN
Os edifícios coloniais bem conservados com as suas portadas e varandas de madeira são uma das imagens de marca de Luang Prabang. Os espaços que outrora foram casas e palácios senhoriais são atualmente ocupados, na sua maioria, por cafés e restaurantes com esplanadas apelativas onde nas horas mais quentes do dia sabe bem sentar a ver quem passa enquanto bebemos um refresco ou uma cerveja local.





2.VISITAR OS TEMPLOS E MOSTEIROS BUDISTAS ESPALHADOS PELA CIDADE
Luang Prabang é um local extremamente espiritual para os seguidores da religião budista e por toda a cidade estão espalhados um sem número de Templos e Mosteiros.
Passear em silêncio por entre estes edifícios de arquitectura única é uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais desta religião, assim como alguns dos costumes dos monges budistas, que apesar de tímidos, estão quase sempre dispostos a trocar dois dedos de conversa com os visitantes ocidentais.
.A crónica completa sobre os mais bonitos Templos Budistas de Luang Prabang pode ser lida AQUI.






3.SUBIR AO MONTE PHOU SI PELA ENCOSTA ESTE
Este é mais um dos locais de passagem obrigatória para quem visita Luang Prabang.
O topo desta colina enche-se de turistas, que especialmente ao final do dia, ali se juntam para assistir ao pôr-do-sol, fazendo com que este período seja o mais concorrido e o menos aconselhável para quem quer sentir a calma e a atmosfera deste espaço sagrado.
Na nossa opinião a subida deve iniciar-se na encosta oriental, ao longo da qual irão encontrar vários pequenos Templos, Santuários e até o que dizem ser uma pegada de Buddha.
No ponto mais elevado é possível desfrutar das fantásticas vistas sobre a cidade de Luang Prabang e dos rios Mekong e Nam Khan.






4.PALÁCIO REAL
Este bonito espaço foi construído no início do século (numa altura em que Luang Prabang era a capital do país) para ser a residência oficial da realeza do Laos.
Em 1975 com a queda da monarquia o complexo foi convertido num museu.




5.ASSISTIR À CERIMÓNIA MATINAL DE "ALMS GIVING"
O que em tempos foi um ritual de grande significado espiritual para as gentes do Laos, acabou por se transformar numa autêntica atração turística à qual assistem diariamente cada vez mais visitantes estrangeiros.
A cerimónia apelidada de Alms Giving acontece todos os dias ao amanhecer, altura em que centenas de monges residentes nos mosteiros da cidade, saem à rua para que os habitantes locais (e agora especialmente os turistas) lhes façam oferendas de comida.
Apesar do grande significado religioso do ritual, o que vimos não nos agradou em nada.
A cada manhã, centenas de turistas barulhentos sentados ao longo da estrada, de máquina fotográfica e smartphone em punho, não se coibem de registar o momento em que fizeram uma oferenda a um ou mais monges sem compreenderem o verdadeiro significado do que acabaram de fazer.
Apesar dos muitos avisos espalhados pela cidade a desencorajar este tipo de atitudes, a verdade é que esta cerimónia centenária tem-se convertido num negócio com o qual muita gente ganha dinheiro. 





6.ASSISTIR AO PÔR DO SOL NAS MARGENS DO RIO MEKONG
O melhores dias no Laos acabam sempre com um fantástico pôr-do-sol no horizonte.
Foi assim em Luang Pragang e em todos os locais que visitámos no país.
Ao longo das margens do rio Mekong existem muitos sítios onde será possível sentar-se tranquilamente e em silêncio assistir a um dos mais bonitos espetáculos da natureza.





7.NIGHT MARKET
Todos os fins de tarde, uma boa parte parte da avenida principal da cidade transforma-se num vibrante mercado nocturno.
São várias dezenas de bancas onde é possível encontrar artesanato local, roupas e todo o tipo de bugigangas a preços extremamente apelativos.
Este é o local ideal para terminar o dia e obviamente comprar algumas lembranças que assinalem a sua passagem pelo Laos.





8.DEGUSTAR A DELICIOSA COMIDA DO LAOS
Ficámos completamente rendidos à deliciosa comida Laociana.
Fomos apresentados à culinária do país numa estreita rua nas redondezas do Night Market, local onde todas as noites são montadas dezenas de bancas de comida e onde podem ser degustados alguns dos pratos típicos da cozinha local ao mesmo tempo que nos familiarizamos com o verdadeiro espírito da comida de rua do Sudeste Asiático.
Neste local onde as cores, os cheiro e os sabores se misturam, experimentámos diversos pratos de peixe e carne grelhados na hora. Para quem quer algo mais light é possível optar por uma espécie de buffet vegetariano.





9.UM MOMENTO DE PURO RELAX NO BAR UTOPIA
Este bar situado na margem esquerda do rio Nam Khan é ainda um dos tesouros mais valiosos de Luang Prabang.
Depois de almoço, na altura em que o calor aperta, soube-nos bem pedir uma BeerLao e bebê-la enquanto apreciávamos a fantástica vista.
A vida sabe-nos bem em Luang Prabang!





10.REFRESCAR-SE NAS CASCATAS DE TAT KUANG SI
Nenhuma visita a Luang Prabang ficaria completa sem uma passagem por um dos locais mais bonitos da região.
As Cascatas de Tat Kuang Si ficam situadas a cerca de 30 quilómetros da cidade e são facilmente alcançadas usando o serviço de um tuk tuk partilhado pelo qual não deverão pagar mais de 25.000 kip por pessoa. 
A melhor altura para poder desfrutar tranquilamente desta maravilha da natureza é de manhã, quando as várias piscinas naturais ainda se encontram praticamente despidas de turistas.
Além das cascatas o parque alberta também um centro de proteção e reabilitação de ursos que foram resgatados de situações de cativeiro negligente.
.A crónica completa da nossa passagem pelas Cascatas de Kuang Si pode ser lida AQUI.






Em suma...
A cidade de Luang Prabang merece ser visitada.
Este é sem dúvida o melhor local para iniciar uma viagem pelo Laos e nós ficámos de tal forma rendidos que ainda que tivéssemos inicialmente planeado ficar dois dias acabamos por prolongar a nossa estadia por mais um dia.


  Pode acompanhar as nossas viagens e ver todas as fotos desde e outros destinos na página do Diário das Viagens no Facebook.

1 comentário:

  1. Estou encantada com a vossa descrição/fotografias ;) um destino a curto prazo certamente! obrigada pela partilha e ótimas viagens pra vocês

    ResponderEliminar