segunda-feira, 13 de junho de 2016

.ROTEIRO - ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL


Por vezes temos tendência a não valorizar o que é nosso e que nos pertence por direito, mas a verdade é que lá fora este nosso cantinho à beira mar plantado é sistematicamente descrito como um verdadeiro tesouro pronto a ser descoberto.
Portugal é uma autêntica caixinha de surpresas, repleta de paisagens arrebatadoras, de pessoas simpáticas, de comida maravilhosa e de um sem número de monumentos que testemunham uma das histórias mais ricas e emocionantes existentes no planeta.
Tudo isto está aqui, a uma curta distância. Só precisamos olhar à nossa volta para nos apercebermos o quão maravilhoso é o nosso país.
No que depender de nós, nunca nos cansaremos de divulgar tudo o que de bom temos por cá. Desta vez o Diário das Viagens lançou-se à aventura e durante cinco dias percorreu algumas estradas e caminhos de um Portugal ainda pouco explorado, com o objetivo de descobrir e dar a conhecer as Aldeias Históricas de Portugal.

Perder-se pelas ruas pavimentadas de forma grotesca é a melhor maneira de descobrir todos os segredos que cada um destes tesouros tem para nos revelar.
Castelos, pelourinhos, muralhas, igrejas e solares são elementos comuns a quase todas elas.


ESTAS SÃO AS 12 ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL:

1.LINHARES DA BEIRA
Situada na vertente ocidental da Serra da Estrela, Linhares da Beira é o típico exemplo de uma aldeia medieval do século XII. 
Por aqui passaram Romanos, Visigodos, Muçulmanos e Castelhanos e só em 1169 obteve o seu primeiro foral, dado por D.Afonso Henriques.
Nesta pequena povoação onde as casas simples de pedra granítica convivem lado a lado com solares senhoriais, o grande ponto de destaque é sem sombra de dúvidas o Castelo, erguido no topo de uma elevação rochosa e de onde os visitantes têm uma magnifica visão panorâmica de toda a paisagem envolvente.
Todos estes aspectos transformam qualquer visita à aldeia de Linhares da Beira numa autêntica viagem ao passado.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE LINHARES DA BEIRA PODE SER LIDA AQUI.




2.BELMONTE
As terras em redor de Belmonte contam-nos um sem número de histórias. Desde logo, os vestígios megalíticos ali existentes, mostram que o homem já anda por estas bandas à mais de 6 mil anos
Foi igualmente nesta pequena aldeia que nasceu Pedro Álvares Cabral, o navegador português que descobriu o Brasil e que com o passar dos anos se tornou o Belmontense mais conhecido da história de Portugal.
Este local situado não muito longe da Serra da Estrela, chegou em tempos a acolher a maior e mais importante comunidade judaica da Península Ibérica e onde hoje em dia está instalado um interessante museu dedicado ao assunto.
A visita a Belmonte pode ser combinada com a aldeia vizinha de Sortelha.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE BELMONTE PODE SER LIDA AQUI.




3.PIÓDÃO
Situada no conselho de Arganil, a aldeia do Piódão é um autêntico tesouro que teima em se manter escondido numa das vertentes da Serra do Açor. 
Na maior parte das vezes é descrita como um pequeno presépio, muito por causa da sua arquitectura onde despontam as casas de xisto com janelas e portas pintadas de azul, as ruas labirínticas onde os carros não chegam, o ambiente tipicamente rural e seu o envolvimento verdejante quase em estado puro. 
De todas as Aldeias Históricas esta é a única onde não existe qualquer castelo ou fortificação.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DO PIÓDÃO PODE SER LIDA AQUI.




4.CASTELO NOVO 
À semelhança de outras aldeias e povoações, também Castelo Novo nasceu e cresceu em redor das suas muralhas. 
Nesta aldeia histórica repleta de misticismo, é facil perder o controlo da realidade ao percorrer as calçadas das ruas estreitas onde o granito perpetua as histórias das gentes que por aqui passaram, damos conosco a viajar no tempo. 
Situada em plena Serra da Gardunha, Castelo Novo fascina quem a visita. Aqui o silêncio é palavra de ordem e essa calma só é quebrada pelo som dos pássaros, da água que brota de forma continua das várias fontes existentes e do som do sino da Igreja Matriz que toca à hora marcada e que nos trás de volta ao nosso mundo.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE CASTELO NOVO PODE SER LIDA AQUI.




5.MONSANTO
Depois de em 1938 ter sido eleita a aldeia mais portuguesa de Portugal a verdade é que Monsanto passou desde essa altura a ter um lugar de destaque e a fazer parte de todos os guias de viagem dedicados ao nosso país.
De todas as aldeias históricas esta é muito provavelmente a mais conhecida e por consequência a mais visitada, não só por turistas portugueses mas também por viajantes estrangeiros que não deixam passar a oportunidade de percorrer as suas ruas estreitas ladeadas por casas de granito apertadas por entre enormes penedos. A aldeia de Monsanto parece empoleirar-se na encosta rochosa onde lá no alto se ergue o imponente castelo que ao longo dos séculos foi ocupado por Romanos, Mouros e Árabes.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE MONSANTO PODE SER LIDA AQUI.




6.IDANHA-A-VELHA
Situada na Beira Interior, Idanha-a-Velha ergue-se em todo o seu esplendor nas margens do Rio Ponsul. Esta pequena aldeia de aparência pitoresca, foi no século I a.C. uma cidade romana da qual ainda podemos ver aqui e ali alguns vestígios.
Além dos Romanos, também Arabes e Suevos passaram por aqui, ainda que tenham sido os Visigódos que deixaram alguns dos edifícios ainda existentes e que foram posteriormente usados e ocupados pelo povo luso. 
É por estes motivos que Idanha-a-Velha é um dos mais importantes testemunhos da história do território antes de se tornar no Portugal que hoje conhecemos.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE IDANHA-A-VELHA PODE SER LIDA AQUI.




7.SORTELHA
Sortelha é uma das mais bonitas e bem conservadas aldeias históricas do nosso país, mantendo ainda grande parte do casario de outros tempos do qual se destaca a arquitectura típica de um Portugal de outras eras. 
O imponente castelo e as muralhas que cercam o aglomerado de casas de granito formaram em tempos um importante e quase intransponível estanque contra os ataques inimigos. A sua posição altaneira sempre foi vista como um ponto de vantagem o que fez com que esta área tenha sido habitada desde o período Neolítico.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE SORTELHA PODE SER LIDA AQUI.




8.CASTELO MENDO
Inserida na paisagem agreste que rodeia o Rio Côa, a aldeia de Castelo Mendo foi durante a Idade Média um núcleo urbano de grande importância devido à sua proximidade com a fronteira assim como às suas características defensivas e estrangeiras de excelência.
Diz-se por aqui que a presença humana nesta região data da idade do bronze, estando a aldeia e o seu centro histórico rodeados de muralhas que apesar de terem sido reconstruídas no século XII, provêm de um período anterior.  
A visita a Castelo Mendo pode ser combinada com passagens pelas aldeias vizinhas de Almeida e Castelo Rodrigo. Para quem tiver um pouco de tempo extra, este local pode ser igualmente um excelente ponto de partida para conhecer as famosas Gravuras Rupestres de Foz Côa. 
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE CASTELO MENDO PODE SER LIDA AQUI.




9.ALMEIDA
De todas as aldeias históricas, Almeida é aquela que mais perto se encontra da fronteira. No passado e durante um largo período, esta foi provavelmente a primeira e mais importante barreira erguida contra os ataques castelhanos. Não admira então, que a aldeia tenha sido transformada numa bem equipada fortaleza com o propósito de defender o território lusitano. 
Há muito para visitar em Almeida e os registos mostram que a sua história começou a escrever-se muito antes dos conflitos entre portugueses e castelhanos. Foi provavelmente durante os anos em que estas terras foram ocupadas pelo povo Árabe, que a aldeia recebeu o seu primeiro nome: Al meda, que significa "a mesa" e segundo dizem parece fazer referência à topografia planáltica do terreno onde está inserida.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE ALMEIDA PODE SER LIDA AQUI.




10.CASTELO RODRIGO
A aldeia de Castelo Rodrigo fica situada no maciço da Serra da Marofa.
Este local foi desde o inicio dos tempos um importante ponto de defesa para o país, estando inserido numa linha defensiva composta por várias fortificações situadas ao longo do vale do Côa. Em diversos momentos da história, a coragem, a lealdade e a determinação dos seus habitantes foi decisiva para que as "tropas" lusas levassem de vencidas os exércitos do reino de Leão.  
Atualmente a Aldeia de Castelo Rodrigo mantém a traça e as características medievais de outros tempos onde as muralhas bem conservadas ainda protegem as memórias do passado.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE CASTELO RODRIGO PODE SER LIDA AQUI.




11.MARIALVA
Situada a uma curta distância da cidade de Meda, Marialva tem o condão de transportar os visitantes para as raízes mais profundas da história do nosso país. Por aqui passaram Romanos, Árabes e Lusitanos, todos eles deixando múltiplos vestígios que podem ser descobertos enquanto passeamos pelas ruas do centro histórico.
As ruínas situadas no interior da Cidadela, foram propositadamente deixadas num estado de aparente abandono, para que quem aqui vem, perca de certa forma a noção do tempo e se imagine fazendo parte do Portugal da idade media. 
É precisamente dentro das muralhas da Cidadela que se encontram grande parte dos pontos de interesse desta pequena aldeia.
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE MARIALVA PODE SER LIDA AQUI.




12.TRANCOSO
Visitar Trancoso é como fazer uma viagem ao passado. A serenidade e calma que sentimos ao caminhar no interior do imponente castelo, contrastam com os momentos atribulados vividos pelas gentes que outrora habitaram nesta área. 
Esta aldeia de origem medieval ,situada a poucos quilómetros da Guarda e onde chegaram a conviver judeus e cristãos, foi em tempos palco de intensos combates que marcaram uma era e enriqueceram a história da região e do país. 
.A CRÓNICA SOBRE A ALDEIA HISTÓRICA DE TRANCOSO PODE SER LIDA AQUI.



.ONDE SE SITUAM
Na Beira interior, entre os rios Douro e Tejo, escondem-se doze aldeias que se encontram estrategicamente alinhadas ao longo da fronteira com a vizinha Espanha e que no passado foram palco de batalhas entre portugueses e castelhanos, tendo de alguma forma mudado o rumo e a história do nosso país.

.O NOSSO PERCURSO
O percurso completo tem uma extensão de aproximadamente 550 Km's e pode ser executado de forma circular não sendo necessário ter um ponto de partida e chegada obrigatório.
Cinco dias é o tempo que achamos ser necessário para executar o circuito de forma tranquila e sem pressas, utilizando sempre as estradas nacionais para se deslocar entre cada aldeia. 
Antes de iniciar é aconselhável planificar o trajeto de forma racional, tendo em conta o tempo de visita a cada uma das aldeias assim como o tempo gasto em deslocações.



.QUANDO VISITAR
As aldeias podem ser visitadas em qualquer altura do ano, contudo o melhor período para realizar esta viagem é entre os meses de Abril e Junho, altura em que o clima é mais ameno e as paisagens mais verdejantes. No inverno as temperaturas são gélidas e no verão por vezes o calor é insuportável.

.ONDE DORMIR
Onde dormir é um dos pontos a ter em conta na planificação desta viagem. É importante ficar alojado em pontos estratégicos de forma a tirar o máximo partido do tempo que dispomos. 
Nós escolhemos pernoitar na cidade da Guarda e nas aldeias de Monsanto e Almeida.
Em baixo deixamos uma referência a cada um dos locais onde decidimos pernoitar e que aconselhamos.

CASA DA SÉ (GUARDA)
Situada bem no coração do centro histórico da cidade da Guarda, a dois passos da Sé, esta guest house é provavelmente a mais carismática da cidade.
Os quartos, assim como toda a casa encontram-se decorados de forma simples mas tradicional.Todos os hospedes têm acesso gratuito a internet sem fios.
Este é sem dúvida um local a ter em conta para quem visita esta zona do país.

CASA DO CHAFARIZ (MONSANTO)
Um dos locais mais fantásticos onde tivemos oportunidade de ficar durante esta viagem.
A Casa do Chafariz é o típico alojamento local, onde a simpatia da dona Celeste e os quartos decorados de maneira rústica nos fizeram sentir verdadeiramente em casa. Depois de um dia inteiro a caminhar este foi o local ideal para relaxarmos e recarregarmos as baterias. 
A casa "oferece" internet sem fios para todos os hospedes.

CASA MORGADO (ALMEIDA)
Situado a pouco mais de 200 metros da aldeia histórica de Almeida este estabelecimento oferece quartos simples mas extremamente cómodos, todos eles equipados com casa de banho privativa e internet sem fios gratuita.

.OUTROS LOCAIS QUE PODEM SER VISITADOS NA REGIÃO
Durante este trajeto e se tiver a possibilidade de acrescentar mais um ou dois dias aos cinco necessários, é possível parar e conhecer outras aldeias/cidades que mesmo não tendo o "titulo" de históricas merecem ser visitadas.
São elas:
.Penha Garcia
.Folgosinho
.Penedono
.Sabugal
.Guarda
.Viseu

.AS ALDEIAS HISTÓRICAS NO SMARTPHONE
A aplicação para smart phone das aldeias históricas de Portugal é uma grande ajuda.
Pode fazer o download clicando AQUI.


Pode acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na página do Diário das Viagens no Facebook.

Sem comentários:

Enviar um comentário