domingo, 24 de fevereiro de 2019

.NÁPOLES - A FACE MAIS AUTÊNTICA DE UM PAÍS


Nápoles sacode-nos de forma violenta. É fria nas apresentações e nem por um minuto se esforça para que gostemos dela. É uma cidade pouco atrativa, suja, confusa e onde os seus habitantes parecem ter o hábito de falar alto. 
Nápoles é assim...ou se ama ou se odeia! 
Pode parecer estranho mas para mim tudo isto faz dela especial. Dou-lhe valor por ser genuína e por não tentar camuflar nenhum dos seus defeitos. 
Para lá dos prédios velhos de fachadas maltratadas esconde-se uma elegância que só aqueles que assumem a pele de um verdadeiro napolitano conseguem entender. 

O segredo para gostar da cidade é aceitá-la como ela realmente é e não como gostássemos que fosse. Sugiro que se deixe sequestrar pelo ambiente boémio que paira um pouco por toda a parte ou que se perca propositadamente no emaranhado de ruas e ruelas onde as lambretas circulam entre os passantes. Caminhe sem destino, delicie-se com as conversas que fogem através das janelas entreabertas e a certa altura se sentir fome, compre uma pizza e coma-a sentado no chão de uma qualquer praça enquanto observa toda aquela vivência... Acredite que ninguém o vai criticar!







Entre numa das muitas igrejas que surgirão no seu caminho e se for domingo assista a uma missa. Os Napolitanos, assim como grande parte do povo italiano são extremamente religiosos e não escondem em momento algum as suas devoções. Nas ruas vêem-se pequenos altares que guardam imagens de santos padroeiros, cruzes penduradas nas ombreiras das portas e estandartes religiosos que pendem das varandas.

Para lá da fé, talvez só mesmo o amor ao futebol terá a capacidade de despertar o lado mais emotivo destas gentes que ainda hoje relembram com orgulho a passagem de Diego Armando Maradona pelo principal clube da cidade. Ao final da tarde os becos transformam-se em estádios de ocasião onde miúdos de bola colada ao pé sonham com as jogadas do astro Argentino. O verdadeiro napolitano não vira costas à sua equipa. Tatua-a no corpo e em dia de jogo os cafés enchem-se de fervorosos "tifosi" que através dos écrans vivem cada lance e cada golo de uma forma única...esbracejam, gritam e choram sem filtros nem vergonhas.






Se o tempo o permitir convido-o a caminhar ao longo da marginal e a deslumbrar-se com a magnifica imagem do gigante Vesúvio que mesmo envolto num sono temporário continua a montar guarda à cidade. Ao redor do golfo tudo acontece ao ritmo das vagas que repetidamente vêm massajar a base do paredão, fazendo dançar os pequenos barcos de pesca que ali ancorados aguardam a partida para mais uma faina. Este é um local com um ambiente muito próprio e onde as pessoas fogem da rotina e se entregam ás coisas boas da vida. Irá cruzar-se com casais de namorados que sem pudor trocam mimos e olhares de cumplicidade enquanto mais abaixo pescadores solitários que de olhos postos na linha aguardam pacientemente que a sorte lhes sorria. 



O sol esconde-se, a noite cai e a cidade revela-nos um agradável contraste de luzes de tons amarelados. É nesta altura que será apresentado à vertente mais romântica da urbe. 
Volte a perder-se, encontre-se, misture-se com a multidão e beba um aperitivo numa qualquer esplanada. Itália tem o condão de nos convidar ao improviso.
É neste registo que lhe sugiro que se deixe guiar pelos perfumes da comida tradicional e se se sentir á vontade entre e jante num qualquer restaurante menos sofisticado onde seguramente encontrará gente da terra disposta a dois dedos de conversa. 
Nápoles é uma espécie de reverso da moeda. O lado menos racional de um país que tanto me apaixona e ao qual não me canso de regressar. 
Aqui é a cidade que impõe as suas regras. É importante que cheguem sem ideias pré-concebidas nem expectativas demasiado altas. Simplesmente venha e deixe-se dominar pelos seus caprichos. Não se irá arrepender!


.ALGUNS PONTOS DE INTERESSE TURÍSTICO EM NÁPOLES

  • PALAZZO REALE
  • MUSEO ARCHEOLOGICO DI NÁPOLES
  • CASTEL NUOVO
  • PIAZZA DEL PLEBISCITO
  • BASILICA SAN FRENCESCO DI PAOLA
  • CASTEL DELL'OVO
  • CAPELLA DI SAN SEVERO
  • TEATRO SAN CARLO
  • NAPOLI SOTTERRANEA
  • VIA SAN GREGORIO ARMENO
  • GALLERIA UMBERTO I
  • CASTEL SANT'ELMO
  • DUOMO DI NAPOLI
  • VIA TOLEDO
  • MUSEO DI CAPODIMONTE

.GUARDAR UM DIA PARA VISITAR AS RUÍNAS DE POMPEIA

O peso histórico de Pompeia é enorme. São toneladas de emoções que carregamos sobre os ombros, fazendo que a cada passo dado ao longo daquelas calçadas de pedra nos faça refletir sobre o quão rápido tudo pode mudar. 
O Vesúvio não poupou nada nem ninguém. Ricos e pobres, casas simples ou palacetes, tudo desapareceu sob a espessa camada de cinzas e lava expelidas pela grande montanha. De súbito tudo deixou de fazer sentido. A antiga cidade romana rendeu-se ao poder da natureza, permanecendo riscada do mapa até ao momento em que quase por acaso foi redescoberta, revelando dados e vestígios preciosos sobre o estilo de vida da época que nos ajudam a entender tudo o que hoje vemos.
.A crónica completa da nossa passagem por Pompeia pode ser lida AQUI.

.OUTRAS CRÓNICAS SOBRE A ITÁLIA

Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na página do Diário das Viagens no Facebook. 

Sem comentários:

Enviar um comentário