segunda-feira, 13 de abril de 2020

SAN MARINO - VISITAR O MAIS ANTIGO PAÍS DO MUNDO

San Marino - O que visitar

É estranho saber que estamos num país dentro de outro país. Parece confuso mas a verdade é que em pleno território italiano existe um estado independente que segundo rezam as crónicas é o mais antigo e uma das mais pequenas nações do mundo. 
San Marino não é mais que uma reduzida parcela de terreno, com uma área total de aproximadamente de sessenta quilómetros quadrados e que tem como principal polo de interesse a sua capital. 
De forma provocatória, a cidade de San Marino ergue-se no ponto mais elevado de uma enorme formação rochosa, lançando-nos o insistente convite para uma visita que segundo dizem será generosamente recompensada pelas vistas desafogados sobre o imenso tapete de tons verdes que, aos seus pés, se prolonga até ás águas do Mar Adriático. 
Para lá das muralhas que guardam o centro histórico continua a ser possível sentir um pouco do ambiente medieval que em tempos por ali reinou, ainda que os cavaleiros do passado sejam agora substituídos por largos grupos de turistas que de forma quase constante deambulam pelas ruas forradas de pedra, que desde 2008 fazem parte da restrita lista de locais protegidos pela UNESCO. 

ALGUMAS FOTOS DA NOSSA PASSAGEM POR SAN MARINO:















8 LOCAIS QUE PODE VISITAR EM SAN MARINO:

.ROCCA GUAITA
.LA FRATA (SEGUNDA TORRE)
.TORRE DEL MONTALE
.MONTE TITANO
.COMER NUM RESTAURANTE COM VISTA PANORÂMICA
.BASÍLICA DI SAN MARINO
.MUSEU DI STATO (MUSEU NACIONAL)
.PALAZZO PUBBLICO E PIAZZA DELLA LIBERTÀ (ASSISTIR AO PÔR-DO-SOL)



INFORMAÇÕES ÚTEIS:

.COMO CHEGAR?
Visitámos San Marino durante a nossa viagem pelo Norte de Itália e tal como havíamos planeado, foi-nos bastante fácil realizar o trajeto entre ambos os locais. 
.BUS - San Marino situa-se a menos de 20km's da pequena cidade de Rimini (Itália) que funciona como ponto de partida para todos os que querem chegar de transportes públicos à mais antiga nação do mundo. Logo à saída da estação ferroviária de Rimini é possível apanhar o bus da companhia Bonelli que circula de forma regular. Esta viagem tem uma duração de aproximadamente 40 minutos e tem um custo de 5 euros. 
.CARRO - Uma das grandes vantagem de viajar utilizando este meio de transporte, é que desta forma irá ter oportunidade de chagar a San Marino sem ter que estar dependente dos horários do comboio e do autocarro. Uma vez na capital, poderá estacionar o veículo num dos vários parques de estacionamento (pagos) existentes.

.QUANTO TEMPO É NECESSÁRIO PARA VISITAR SAN MARINO?
San Marino merece que lhe dediquemos pelo menos um dia e ainda que a cidade não seja muito grande, acredite que encontrará pontos de interesse suficientes para o manter ocupado durante uma parcela considerável do tempo que ali permanecer. Se a meteorologia o permitir termine a sua visita na Piazza della Libertà onde certamente terá a oportunidade de assistir ao mais incrível pôr-do-sol da sua viagem.

.QUAL A MELHOR ÉPOCA PARA VISITAR?
Qualquer altura do ano é boa para conhecer San Marino ainda que a diferença paisagística seja completamente distinta dependendo da estação escolhida para a visita. Todos sabemos que durante a Primavera e o Verão o tempo é mais estável, com o sol a mostrar-se permanentemente, trazendo com ele temperatura bastante agradáveis. Este é na nossa opinião o melhor período para conhecer não só para San Marino mas também toda a área ao seu redor.
O Outono poderá ser uma opção a ter em conta devido aos bonitos tons dourados que progressivamente vão cobrindo as paisagens envolventes. Já no Inverno, a probabilidade de chuva é maior e a nebulosidade que eventualmente se pode formar, irá com toda a certeza limitar a vista sobre as zonas mais baixas. Para além destes fatores, há sempre que ter em conta que as baixas temperaturas irão possivelmente condicionar a visita.


.ONDE DORMIR?
Ainda que nem todos os visitante optem por dormir em San Marino, nós, e porque o nosso trajeto assim o permitiu, achámos que valia a pena prolongar a nossa experiência na cidade.  O local que escolhemos para pernoitar foi o Hotel Joli, situado a menos de 500 metros da Porta San Francesco e com comodidades que satisfizeram de forma bastante aceitável os nossos padrões de exigência. Desde logo o nosso destaque vai para a excelente localização que nos permitiu o fácil acesso à zona histórica da cidade. Também gostámos do quarto que depois de um dia a caminhar nos proporcionou o descanso e o conforto necessário. Outro ponto positivo que merece ser referido é o completo pequeno almoço que nos foi servido em modo buffet.


PARA SABER MAIS SOBRE AS NOSSAS VIAGENS E VER AS FOTOS DESTE E DE OUTROS DESTINOS ACOMPANHE O DIÁRIO DAS VIAGENS NAS REDES SOCIAIS:

Sem comentários:

Enviar um comentário