sábado, 16 de junho de 2018

.CAMINHANDO SOBRE AS NUVENS ENTRE O PICO RUIVO E O PICO DO AREEIRO


Não temos por habito acreditar em teorias da conspiração mas a verdade é que em dois dos três dias que reservámos para caminhadas a meteorologia acabou por se mostrar pouco disposta a deixar-nos pôr em prática os objetivos traçados.

Nessa manhã acordámos cedo e antes das sete e meia já percorríamos o curto trecho que liga a Achada do Teixeira ao Pico Ruivo. Tal como no dia que percorremos a Levada do Caldeirão Verde, também hoje o nevoeiro apareceu em força não nos deixando ver muito para além de um braço estendido.
Ao longo desta primeira fase do percurso o caminho é sempre a subir, levando-nos pouco a pouco a submergir daquela espessa camada de nuvens que à nossa chegada ao ponto mais elevado da Madeira mais parece um infinito tapete branco, que por agora cobre grande parte do território.
O Pico Ruivo é o gigante da ilha. O seu ponto mais alto ergue-se para lá dos 1800 metros e ali envoltos num silêncio absoluto quase acreditamos que somos capazes de tocar o céu.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

.AO RITMO DA ÁGUA PELA LEVADA DO CALDEIRÃO VERDE-ILHA DA MADEIRA


Sentimos-nos bem por entre o verde das árvores, respeitamos a natureza e sabemos que ela nos fala enquanto com os nossos passos lhe massajamos as costas. Gostamos de caminhar e esta viagem haveria de ter muitos quilómetros percorridos a pé por trilhos moldados pelas sucessivas passagens de muitos que tal como nós, fazem questão de conhecer o lado mais selvagem da pérola do Atlântico.
As levadas são uma espécie de estradas de água, construídas no passado por homens corajosos que de forma hábil lograram rasgar as encostas mais inacessíveis das montanhas da ilha.

sexta-feira, 8 de junho de 2018

.ILHA DA MADEIRA - GUIA PRÁTICO


A Ilha da Madeira é certamente um dos locais mais bonitos de Portugal. Um pequeno paraíso perdido no meio do Oceano Atlântico repleto de cascatas, montanhas que quase nos levam a tocar o céu e algumas praias de areia escura que contrastam na perfeição com as lindíssimas paisagens pintadas de verde que nos acompanham enquanto percorremos as estradas que rasgam as encostas da ilha.
Famosa pelas incríveis imagens dos fogos de artifício que acontencem a cada nova passagem de ano, a Madeira é cada vez mais um destino de eleição que devido ás temperatura amenas pode ser visitado em qualquer altura.

domingo, 27 de maio de 2018

.EXÉRCITO DE TERRACOTA-XI'AN, CHINA


Caminho os últimos metros que me separam do objetivo do dia, consciente de que esta experiência não contará com o efeito surpresa que em tantas outras ocasiões me fez eriçar os pelos do corpo. Gosto de ser engolido pela imponência ou beleza de um local, mas hoje sei exatamente o que me espera para lá da porta dos pavilhões que protegem um dos mais valiosos tesouros da humanidade.
Em 2011 visitei o Exército de Terracota do Imperador Qin e aí sim, senti aquele arrepio de quem está perante algo que impressiona.
Ao contrário do que fiz nessa altura, hoje dou início ao passeio pelo mais modesto dos três edifícios do complexo de forma a aumentar gradualmente a intensidade da experiência.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

.PINGYAO, UMA VIAGEM À CHINA DE OUTROS TEMPOS


É-me difícil eleger qual o local que mais me fascinou durante a minha curta viagem pela China. Na verdade foram vários, todos espetaculares e a cidade de Pingyao ficará indiscutivelmente inserida na lista de memórias especiais que me acompanharão muito para além dos dias que por ali permaneci.
Esta que é considerada a antiga cidade mais bem conservada de toda a China, foi na realidade um destino que esteve para não ser. Um ponto que se manteve intermitente até praticamente ao derradeiro minuto, mas que num impulso acabou por entrar nos meus planos de viagem. E ainda bem! 

terça-feira, 22 de maio de 2018

.GRUTAS DE YUNGANG - DATONG, CHINA


À medida que avanço sobre a ponte que atravessa as águas geladas daquele enorme lago, o meu olhar vai saindo em busca das escarpas rochosas onde se escondem as famosas Grutas de Yungang. Não tenho de aguardar muito até que me cruze com as primeiras. Para já são só sete ou oito pequenos nichos talhados na encosta de uma forma quase primitiva e bastante diferentes das imagens vistas na internet que despertaram a minha atenção, criando em mim um desejo quase incontrolável de visitar este local.  

quarta-feira, 16 de maio de 2018

.MOSTEIRO SUSPENSO-DATONG,CHINA


Estamos nos primeiros dias do mês de Março e o tempo que se faz sentir é uma clara mostra de que o inverno ainda está para durar.
As baixas temperaturas que me vêm acompanhando desde o início da viagem estão nesta manhã a roçar níveis negativos, muito por culpa da ausência do sol que hoje parece não ter a força suficiente para rasgar o lençol de nuvens que se estende para lá da vista.
O táxi avança a bom ritmo e já passou quase uma hora desde que deixámos Datong.
O trânsito caótico da grande cidade foi progressivamente dando lugar a uma paisagem rural onde os campos agrícolas vão alternando com modestos povoados que pouco parecem ter evoluído nos últimos anos.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

.PEQUIM-GUIA PRÁTICO


O desejo de regressar a Pequim acompanhava-me desde que em 2011 me despedi desta cidade que é muito mais que a capital de um dos maiores países do mundo.
Passaram quase oito anos e sem surpresas o tão desejado objetivo acabou por se cumprir.
Parece que pouco mudou. Os cheiros e os sons que pairam no ar e me acompanham enquanto vou percorrendo as ruas desta grande metrópole, rapidamente me transportam para os momentos vividos aquando da minha derradeira visita...é uma espécie de déja vu!

quinta-feira, 10 de maio de 2018

.GRANDE MURALHA DA CHINA, JINSHANLING


Hoje o dia tinha de ser perfeito.
Deixei Pequim ás primeiras horas do dia com meia dúzia de informações escritas no meu bloco, esperando que fossem suficientes para me fazerem chegar à secção da Grande Muralha da China que queria visitar.
O trajeto foi longo, mas os meus receios acabaram por ser injustificados, uma vez que a viagem até Jinshanling se revelou relativamente fácil de realizar. O autocarro que me trouxe desde os arredores da capital deixou-me numa velha estação de serviço e os derradeiros quilómetros que me separam do grande monumento são realizados num táxi improvisado, arranjado ali mesmo. Supostamente deveria haver por ali uma van que transporta os turistas de forma gratuita até ao centro de visitantes, mas ninguém me soube informar sobre tal.
A complexidade da comunicação atrasa por momentos a nossa partida. Ainda assim o entendimento quanto ao preço a pagar pelo curto trajeto é alcançado através de um hilariante dialogo em linguagem gestual.

domingo, 6 de maio de 2018

.TEMPLO DO CÉU-PEQUIM


Preces,rezas e orações. Todas estas foram em tempos ações praticadas no Templo do Céu. Este era um local sagrado, onde o Imperador numa cerimónia pautada pela intensidade, pedia a intervenção celestial para que as colheitas dessa estação fossem férteis.
Sem surpresas, todos esses rituais se diluíram com o passar dos séculos e hoje o espaço encontra-se incorporado num vasto jardim público onde as gerações mais antigas da capital se reúnem.
Perto da entrada e sobre um longo telheiro, um grupo de velhos entretêm-se com jogos típicos, enquanto os seus pássaros de estimação saltitam e soltam melodias dentro das pequenas gaiolas de madeira.

quinta-feira, 3 de maio de 2018

.SEGUINDO OS PASSOS DO IMPERADOR NA CIDADE PROIBIDA-PEQUIM


Depois de quase duas noites sem dormir, percebo que o jet lag começa a deixar mazelas no meu corpo.
Estamos no inverno e apesar do céu azul, no ar paira um ventinho gelado que me obriga a calçar as luvas de forma a agasalhar as mãos enquanto percorro aqueles escassos metros entre o hotel e a estação de metro mais próxima. 
Ainda é cedo. Passam poucos minutos das sete de manhã, mas as ruas por onde vou caminhando já se encontram bem preenchidas de gente que seguem com certeza a caminho dos seus empregos. Quanto a mim e depois de uma curta viajem numa carruagem de metro a rebentar pelas costuras, chego ás imediações da Praça Tiananmen de onde já consigo avistar a grandiosa entrada da Cidade Proibida, que não tarda nada me dará acesso a um local que se manteve fechado ao mundo exterior durante cerca de quinhentos anos.

terça-feira, 24 de abril de 2018

.CINQUE TERRE, ITÁLIA-GUIA PRÁTICO


Depois de sucessivos regressos a Itália,estava na altura de dedicar algum do nosso tempo aos cinco vilarejos situados na zona norte do país,que se alinham ao longo da Riviera Italiana.
As Cinque Terre são na realidade cinco pequenos e charmosos vilarejos coloridos,que ocupam um estreito pedaço de território entre as montanhas e o mar e onde é possível passar um agradável fim de semana.
Monterosso al Mare,Vernazza,Corniglia,Manarola e Riomaggiore são o exemplo quase perfeito da paisagem típica da região da Liguria,caracterizada pelas casas pintadas de cores vivas e pelas encostas preenchidas de vinhas onde ano após ano são produzidos alguns tipos de vinho muito apreciados por esse mundo fora.

domingo, 15 de abril de 2018

.ROTEIRO PARA VIAJAR UMA SEMANA DE CARRO NA JORDÂNIA


O médio oriente exerce sobre nós um fascínio especial e a Jordânia era um dos destinos que mais força ganhava na nossa vontade de regressar a essa zona do globo.
Depois de dois anos a "cozinhar" a ideia,surge finalmente a oportunidade de durante uma semana nos lançarmos à descoberta deste país que tanta curiosidade nos despertava.

Ruínas históricas,parques naturais ricos em paisagens únicas,desertos míticos e zonas balneares com temperaturas amenas todo o ano,eram por si só motivos suficientes para nos fazer contar os dias até à tão aguardada viagem.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

.DORMIR NO DESERTO DE WADI RUM,JORDÂNIA


Depois de um dia repleto de emoções fortes pelas areias do mítico Wadi Rum,chegamos ao acampamento do Rum Stars Camp numa altura em que o sol já se escondeu para lá da linha do horizonte.
Recolhe-se a bagagem com a ajuda dos membros do staff,que sem demoras nos dão a conhecer a aconchegante tenda que nos foi reservada e onde daremos descanso ao corpo,numa noite que se anuncia calma.

segunda-feira, 2 de abril de 2018

.PETRA,JORDÂNIA-MUITO MAIS QUE UM TESOURO


Pensar em regressar a Petra,tem o condão de me fazer sorrir.
Foi uma longa espera.Passaram quase dez anos desde que ali estivemos inseridos num tour (pouco) organizado que de forma cómica nos permitiu visitar a antiga capital dos Nabateus durante não mais que um par de horas.Uma estória mal resolvida que agora temos oportunidade de reparar. 
Porém,hoje estamos por nossa conta e certamente tudo será diferente.Temos um dia inteiro para explorar aquela que é agora uma das sete maravilha do mundo moderno.

sábado, 31 de março de 2018

.WADI RUM,O DESERTO VERMELHO DA JORDÂNIA


Com o corpo meio dormente das emoções vividas em Petra,iniciámos ainda de noite,o caminho em direção à realização de mais um sonho.
A movimentada auto-estrada do deserto ficou para trás e rolamos agora numa via secundária que segundo as indicações do gps nos levará ao destino desejado.De ambos os lados somos acompanhados por um mar de areia vermelha que se prolonga por quilómetros e no qual parecem flutuar gigantescas ilhas rochosas de mil formas.
É uma paisagem incrível!
À medida que o sol vai ganhando o seu lugar,sobre as nossas cabeças o céu vai-se aos poucos pintando de azul,anunciando mais um dia de calor.

quarta-feira, 28 de março de 2018

.JERASH-UMA PÉROLA ROMANA POR TERRAS JORDANAS


O relógio ainda não marca oito da manhã quando chegamos ao portão da zona arqueológica de Jerash.Já para lá da barreira que delimita o parque de estacionamento ainda deserto,interpelamos um guarda que aproveita aquela calma matutina para aquecer o corpo com os primeiros raios de sol enquanto vai folheando as páginas de um jornal.Completamente concentrado na sua leitura e sem levantar a cabeça,o homem faz-nos sinal para avançar indicando-nos com um gesto firme o caminho que devemos seguir.

domingo, 25 de março de 2018

.AMÃ-À DESCOBERTA DA CAPITAL DA JORDÂNIA


Depois de ler tantas informações negativas sobre a capital da Jordânia,cheguei a pôr em causa se valeria realmente a pena reservar um dia inteiro para explorar a cidade.
Seriam vinte e quatro horas demasiado tempo para dedicar a um local que tão pouco consenso reunia na opinião de quem já ali havia estado?
Iria este tempo fazer-nos falta noutro destino mais interessante?
Na minha cabeça pairava uma salganhada de dúvidas que acabaram por me atormentar até ao último minuto!

sábado, 24 de março de 2018

.COMO É VOAR SOBRE AS LINHAS DE NAZCA-PERÚ


O dia começou com uma espécie de murro no estômago.
Parece estar de volta o tempo ventoso que ainda há dois dias quase cancelou o nosso passeio de barco pelas ilhas Ballestas,metendo desta vez em causa os planos que temos para hoje.
Voar sobre as Linhas de Nazca é um dos objectivos que transportamos na mochila durante esta viagem pelo Perú.É algo que queremos muito...é um sonho de há vários anos!

As ruas sem cor da cidade de Ica vão ficando para trás até que desaparecem por completo.Do lado de lá das grandes janelas do moderno autocarro onde seguimos vemos desfilar uma imensidão de terras áridas que ao longe parecem tocar aquela gigantesca parede de nuvens cinzentas.

domingo, 18 de fevereiro de 2018

.ROTEIRO PARA UMA SEMANA DE SONHO EM ZANZIBAR


Tínhamos uma semana em Zanzibar.
Um curto período de sete dias que nos impunha um desafio de difícil resolução:
Como organizar o tempo de forma a tirar o máximo partido da viagem,combinando momentos de descanso,com o conhecimento e entendimento da cultural local.
Sabendo das limitações,optámos por realizar um roteiro simples e que nos permitiu andar sem pressas,aproveitando acima de tudo para desfrutar de algumas das mais bonitas praias da ilha...

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

.DHOW PALACE HOTEL-STONE TOWN, ZANZIBAR


Dhow Palace é o nome do magnífico hotel onde ficámos alojados durante a nossa passagem por Stone Town.
Não é por acaso que o termo Palace aparece associado a este local repleto de história,que já existe desde os meados do século XVI e que ao longo dos anos seguintes foi sendo pertença de importantes figuras da vida social de Zanzibar.Ainda assim nem tudo foram rosas,e este incrível edifício acabou por viver momentos conturbados,chegando mesmo a passar por um estado de parcial abandono.
Os anos foram passando e no início do século XX o espaço foi adquirido por uma família local que o recuperou e o transformou na incrível propriedade que hoje vemos,funcionando ininterruptamente desde 1993.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

.CASA UMOJA-NUNGWI,ZANZIBAR


Foi em Nungwi que nos despedimos das praias paradisíacas de Zanzibar e foi também nesta pequena cidade situada na costa norte da ilha que tivemos a oportunidade de ficar alojados num dos locais que mais nos cativou durante esta nossa viagem.

domingo, 11 de fevereiro de 2018

.BTL-O DIÁRIO DAS VIAGENS É CANDIDATO AO BLOGGER TRAVEL AWARDS


Depois de alguns anos de ponderação em que a inscrição acabou por nunca acontecer,este ano decidimos avançar e o Diário das Viagens candidatou-se ao Blogger Travel Awards da BTL.
O Diário das Viagens é acima de tudo um projecto pessoal que iniciámos em meados de 2014,com o intuito de partilhar as nossas viagens pelo mundo,com familiares e alguns amigos mais chegados.Contudo a aceitação geral acabou por superar as expectativas iniciais e o tal projecto cresceu,transformando-se numa paixão quase tão intensa como a necessidade que temos de desbravar o mundo.
Os relatos das viagens que temos feito,foram-se acumulando e deram origem a um conteúdo que achamos suficientemente aceitável para que desta vez decidíssemos arriscar uma candidatura a este que é na nossa opinião um dos mais prestigiados prémios da blogosfera nacional. 

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

.STONE TOWN-A VERDADEIRA ALMA DE ZANZIBAR


A semana passou mais rápido do que estávamos à espera e o regresso a Stone Town fez-nos cair na triste realidade de que seria aqui que queimaríamos os últimos cartuxos desta viagem.
O tempo é escasso!Temos pouco mais de um dia para desbravar um pouco desta cidade repleta de vida,onde as ruas estreitas e labirínticas da zona velha nos revelam a verdadeira alma das gentes de Zanzibar.
É um mundo à parte,onde tudo se passa com naturalidade.Um mundo que nos transporta para uma era onde os turistas não passam de meros figurantes,completamente desfasados da realidade que por ali se vive.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

.NUNGWI-UMA AGRADÁVEL SURPRESA


Estamos prestes a deixar Matemwe.
Antes das seis e meia da manhã já estamos prontos,e de mochilas às costas seguimos para a zona comum do hotel onde não tarda nada será servido o pequeno almoço.Enquanto esperamos,caminhamos os poucos metros que nos separam da praia,que àquela hora se encontra envolta numa paleta de tons alaranjados,anunciando mais um dia de calor.Para lá das nuvens que preenchem o horizonte,o sol vai fazendo a sua aparição gloriosa.Ficamos ali de olhos postos no mar a assistir a todo aquele espetáculo que de forma perfeita cessa a nossa passagem por Matemwe.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

.MATEMWE, DOIS DIAS NO PARAÍSO-ZANZIBAR


Assim que chegámos a Matemwe percebemos o quão especial é este local.
Pela frente temos dois dias numa das mais incríveis praias de Zanzibar,onde mais uma vez encontrámos a mesma areia branca e o mesmo mar de um azul tão intenso que no horizonte parece fundir-se na perfeição com o céu.
Tal como em Jambiani,também aqui a maré recua bastante,mas a praia é sem dúvida mais bonita e com a vantagem de por vezes a termos só para nós.
O areal a perder de vista prolonga-se por quilómetros e de ambos os lados levantam-se palmeiras e mais palmeiras que dão um toque tropical a todo aquele cenário.

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

.JAMBIANI, ONDE O CÉU SE MISTURA COM O MAR-ZANZIBAR


Todos os outros passageiros sairam na pequena cidade de Paje.
A dála-dála que nos transportou desde Stone Town percorre agora o último par de quilómetros que nos separa do nosso objectivo.Jambiani é logo ali e quando chegamos já o sol se esconde para lá da copa das palmeiras que povoam a linha costeira.
O calor abrasador que nos acompanhou durante grande parte do dia é agora atenuado por uma brisa agradável que nos afaga o cabelo e massaja o corpo moído da viagem.
Deixámos as mochilas na pequena guesthouse onde ficaremos alojados nas próximas noites e corremos para o areal já pouco iluminado,onde meia dúzia de rapazes jogam uma improvisada partida de futebol,enquanto algumas meninas vestidas com trajes coloridos apanham conchas trazidas pelo oceano.Um pouco mais adiante um grupo de pescadores faz-se ao mar num pequeno barco que empurrado pelo vento facilmente ultrapassa a ondulação.

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

.DORMIR NUMA ILHA FLUTUANTE DO LAGO TITICACA-PERÚ


Já é noite cerrada quando deixamos Puno.
As luzes daquela cidade que não tivemos tempo de conhecer vão ficando para trás até se transformarem em minúsculos pontos luminosos que parecem flutuar sobre as águas do Lago Titicaca.
Diante nós uma parede de escuridão vai sendo rasgada pelo potente feixe de luz que sai da lanterna da pequena lancha que nos carrega.Chega a ser assustador.Temos literalmente as nossas vidas nas mãos de um desconhecido que de forma hábil vai desbravando aquelas águas,confiando somente na sabedoria adquirida ao longo dos anos.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

.MINA DE SAL DE WIELICZKA-CRACÓVIA


É domingo e tal como nós,também Cracóvia parece ter alguma dificuldade em despertar. 
De forma preguiçosa os raios de sol vão penetrando lentamente nas ruas ainda pouco movimentadas que vamos percorrendo em direção ao centro.Pelo caminho e como vem sendo hábito,fazemos uma curta pausa na pastelaria do costume onde compramos uns bolos que mais tarde farão as vezes do pequeno almoço que ficou por tomar.

Depois de na véspera termos visitado os campos de concentração de Auschwitz,hoje voltamos a deixar a cidade com o objectivo de conhecer a famosa Mina de sal de Wieliczka.

domingo, 31 de dezembro de 2017

.CASCATAS DE OUZOUD-MARROCOS


Marraquexe ficou para trás.O emaranhado de ruas e o trânsito caótico da cidade foi de súbito substituído por enormes planícies de terra vermelha.De ambos os lados do mini-bus que nos transporta avistam-se campos povoados aqui e ali por árvores e arbustos que vão servindo de pasto aos rebanhos de cabras que por ali se passeiam.

Ao longe e paralela à estrada,ergue-se a imponente cordilheira do Atlas com os seus picos cobertos de neve,que brilham refletindo a luz do sol.

sábado, 30 de dezembro de 2017

.POR ONDE ANDÁMOS EM 2017


Com o aproximar dos derradeiros dias do mês de Dezembro impõem-se que façamos uma espécie de balanço de mais um ano de aventuras vividas por esse mundo fora.
2017 foi para nós complicado.Foi um ano de altos e baixos em que fomos literalmente obrigados a aprender a viver com perdas importantes.Perdas essas que acabaram por nos tornar mais fortes e mais conscientes que a vida é demasiado curta para adiar os nossos sonhos.Porque amanhã pode ser tarde demais!
Foram doze meses intensos,repletos de momentos marcantes,com muitos sorrisos,algumas lagrimas,milhares de quilómetros percorridos e centenas de encontros e desencontros com pessoas que de uma ou outra forma fizeram parte de cada uma das nossas viagens.
Hoje,olhamos para trás e recordamos....

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

.RIAD ESSAOUSSAN-MIL E UMA NOITES EM MARRAQUEXE


Parte da experiência de quem visita Marraquexe passa por ficar hospedado num Riad.Estas antigas habitações familiares,atualmente convertidas em casas de hóspedes onde os quartos se encontram organizados em redor de um pátio interior,proporcionam aos visitantes uma experiência única,inserida num ambiente tipicamente Marroquino. 
Muitos destes locais chegaram a estar em ruínas mas com o aumento do número de turistas,acabaram por ser recuperados e atualmente transformaram-se numa das experiências mais marcantes de quem se desloca a Marrocos.

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

.MARRAQUEXE-GUIA PRÁTICO


Nem mil imagens serão capazes de descrever o que realmente é Marraquexe.
A antiga capital imperial de Marrocos é um mundo à parte.Um mundo que nos faz viajar para lá dos nossos sentidos e que sem sabermos como nem porquê nos deixa atordoados.
Marraquexe é o cheiro das especiarias,é o tom rosado que pinta as paredes das ruas da Medina,é o chamamento das Mesquitas,é o ambiente exótico dos souks onde regatear é palavra de ordem e é os artistas de rua na Praça Jamaa el Fna...
Aqui não há truques nem filtros que maquilhem a pobreza que de forma quase cruel está à vista de quem passa. 

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

.GILI MENO,INDONÉSIA-A VIDA ENTRE A PRAIA E UMA CABANA


Foi em Gili Meno que escolhemos dar por terminado o nosso périplo pelas paradisíacas ilhas Gili,situadas a poucos quilómetros da costa oeste de Lombok.
Depois de  Gili Trawangan e Gili Air,chegámos a Gili Meno para mais um par de dias que se não se anunciavam muito diferentes dos anteriores.
De todas,esta é definitivamente a menos turística e aquela onde devido à escassa presença de visitantes tivemos a oportunidade de em certas ocasiões nos sentimos quase como os únicos ocupantes daquele paraíso perdido nas águas cristalinas do Mar de Bali.

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

.GILI AIR,INDONÉSIA-ONDE O MAR É MAIS AZUL


Depois de dois dias fantásticos despedimo-nos de Gili Trawangan.
Ás primeira horas da manhã apanhamos o barco que nos transportará por não mais de trinta minutos até à ilha vizinha de Gili Air que pouco a pouco vai crescendo no nosso campo de visão.O desembarque é feito sem pressas e logo ali à saída daquele pequeno e rudimentar porto cruzam-nos com dois ou três homens montados nas suas carroças que tentam vender os seus serviços aos passageiros mais carregados.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

.GILI TRAWANGAN,INDONÉSIA-AMOR À PRIMEIRA VISTA


Queríamos uns dias de descanso e a questão impunha-se:
"-para onde vamos depois de nos despedirmos de Bali?"
As ilhas Gili surgiram como a opção mais abordável e onde seguramente iríamos encontrar um ambiente descontraído assim como ótimas praias para desfrutarmos do bom tempo que se anunciava.

Gili Trawangan foi a primeira destas três ilhas que conhecemos e onde decidimos permanecer durante dois dias,ocupando o tempo com passeios na praia,com deliciosos banhos de mar e sol,com vistas fantásticas sobre a costa oeste de Lombok e o inevitável pôr do sol que a cada final de tarde coloria o horizonte.



segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

.UBUD-TANTAS EXPERIÊNCIAS FANTÁSTICAS NUM SÓ LUGAR


Sim,poderia facilmente viver em Ubud!
É esta a ideia que preenche o meu pensamento enquanto percorro as ruas deste que é considerado o principal centro espiritual e religioso da ilha de Bali.
Sente-se no ar um agradável cheiro que é libertado pelos milhares de pauzinhos de incenso que ardem por toda a parte e que em conjunto com as flores coloridas e o arroz cozido,são colocados a cada manhã em frente das portas dos lares,das lojas,dos palácios e obviamente nos muitos templos existentes nesta pequena povoação Balinesa.
"São oferendas aos deuses"-explica-nos a simpática senhora que gere o hotel onde ficámos.

sábado, 28 de outubro de 2017

.DAY TRIP AO MOSTEIRO DE RILA E IGREJA DE BOYANA-SÓFIA,BULGÁRIA


Depois de um dia a explorar a capital da Bulgária e tendo eu um dia extra,nada melhor que uma escapadela até ás montanhas situadas a sul,com o objectivo de visitar o incrível Mosteiro de Rila.

A manhã está ótima e aos primeiros raios de sol já me passeio pela cidade de Sófia que tal como eu dá os primeiros passos neste novo e bonito dia.

Gosto de ver a cidade a acordar,de caminhar pelas ruas silenciosas e de sentir aquele vento fresquinho que me acaricia o rosto.Gosto de me misturar com as pessoas que de forma apressada seguem os seus caminhos diários.Gostei também de tomar um delicioso pequeno almoço por pouco mais de um euro,numa pequena pastelaria situada a dois passos do hostel onde dormi.
Em suma...estou a gostar desta viagem.
Sem exageros,mas estou a gostar!

domingo, 22 de outubro de 2017

.SÓFIA-GUIA PRÁTICO PARA UM DIA NA CAPITAL DA BULGÁRIA


A capital da Bulgária foi para mim uma agradável surpresa.
A informação que trazia na bagagem era escassa e a ideia de que me iria deparar com uma metrópole velha,repleta de símbolos e vestígios de um passado ligado ao comunismo rapidamente se desfez.
Cheguei numa bonita manhã do mês de outubro e logo ali à saída da estação do metro que me trouxe desde o aeroporto,senti de imediato o ambiente cosmopolita desta cidade que se soube reinventar e tem crescido a um ritmo alucinante,sem nunca esquecer a riqueza da sua história.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

.MALTA,GOZO E COMINO-ROTEIRO DE 1 SEMANA


Malta é um pequeno país perdido nas águas temperadas do Mar Mediterrâneo,algures entre a Sicilia e a costa norte do continente Africano.

Para ser honesto,nunca me tinha passado pela cabeça visitar este arquipélago composto por três ilhas e sobre o qual pouco ou nada sabia,até que uma promoção de uma companhia low cost acabou por ser o ponto de viragem nas minhas aspirações e o início daquela que se viria a revelar uma viagem fantástica.