domingo, 25 de dezembro de 2016

.UNDERGROUND RIVER - SABANG,FILIPINAS


Estava previsto que os derradeiros três dias nas Filipinas seriam passados em Banaué, uma zona montanhosa situada a norte da capital e que é principalmente conhecida pelas espetaculares encostas totalmente preenchidas por um sem número de terraços de arroz. Toda esta área se encontra protegida e faz parte dos locais listados pela UNESCO como património mundial. 
Infelizmente o cancelamento de um dos nossos voos, acabou por ter impacto directo no roteiro que havíamos inicialmente traçado e com muita pena e alguma frustração tivemos de abdicar desta deslocação à parte norte da principal ilha do país.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

.BALI-A BELEZA PARA LÁ DAS PRAIAS DO SUL


Ontem já era tarde quando chegámos a Ubud.
Depois de cerca de dez horas dentro de uma van, estávamos exaustos e acabámos por adormecer sem jantar e pela primeira vez nesta viagem conseguimos dormir mais de cinco horas.
Sem precisar de despertador,acordo lentamente com os primeiros feixes de luz que entram pelas cortinas entreabertas que protegem as janelas do nosso quarto.O silêncio que àquela hora se faz sentir é somente quebrado pelo som dos grilos e cigarras que se mistura com o chilrear dos pássaros que parecem entusiasmados com o nascer de mais um dia.
Passam poucos minutos das seis da manhã e o calor já começa a apertar.Nem mesmo a ventoinha que trabalha por cima das nossas cabeças consegue atenuar aquela sensação de desconforto. 

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

.POR ONDE ANDÁMOS EM 2016?


2016 está a chegar ao fim e agora que nos preparamos para virar mais uma página nos nossos calendários, chegou a altura de fazer uma espécie de retrospectiva de como foram os últimos doze meses para o Diário das Viagens.
Podemos dizer que foi um ano fantástico no que toca a viagens, ano esse que nos deu a oportunidade de conhecer mais um pouco deste mundo que tanto nos fascina.
O capitulo que agora finda foi repleto de momentos inesquecíveis, peripécias, muitas estórias e pessoas incríveis que se cruzaram nos nossos caminhos.
Como costumamos dizer:
Cada viagem é uma aventura!

sábado, 10 de dezembro de 2016

.ROTEIRO - MALDIVAS EM MODO LOW COST


Há meia dúzia de anos atrás ninguém imaginava ser possível viajar para as Maldivas de forma económica. Nessa altura os Resorts de luxo, situados em ilhas privadas eram a única opção de alojamento e devido aos preços praticados, poucas pessoas tinham a oportunidade de conhecer este pedaço de paraíso banhado pelas águas translúcidas do Oceano Índico.
Contudo, nos últimos tempos o panorama turístico alterou-se e algumas ilhas habitadas por comunidades locais abriram portas ao turismo independente fazendo com que  pouco a pouco as Maldivas se fossem transformando num destino igualmente acessível a todos aqueles que viajam com um budget de certa forma limitado.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

GULHI - O FIM ANUNCIADO DO PARAÍSO?


Imagine-se uma pequena ilha banhada pelo Oceano Índico, habitada por uma comunidade local, onde não existem estradas pavimentadas e onde a electricidade é fornecida por um gerador que de tempos a tempos vai abaixo.
Pois bem, essa ilha chama-se Gulhi e é onde me encontro há pouco mais de vinte e quatro horas.
Viemos ontem pela manhã, no ferry que faz o trajecto de Maafushi em direção a Malé. Connosco, além de alguns locais chegaram também um casal de espanhóis, que acabaram por ficar hospedados na mesma guesthouse que escolhemos.

sábado, 3 de dezembro de 2016

MALÉ - A ESSÊNCIA DE UM POVO E O REFLEXO DE UM PAÍS


Malé é confusão, é barulho é um caos organizado de motas, bicicletas e carros que circulam de um lado para o outro como se fossem formigas desorientadas. É o chamamento das mesquitas que lembra aos fieis que a hora da oração chegou, é os ferrys que chegam e partem a toda a hora sempre carregados de pessoas e mercadorias. Malé é calor, é o cheiro a peixe trazido pelos barcos de pesca. A capital das Maldivas é tudo isto e muito mais. É o verdadeiro reflexo de um país que vai muito para além das praias e dos resorts de luxo e que poucos têm o privilégio de conhecer.