quinta-feira, 21 de agosto de 2014

.HANOI (PARTE-1)

Chegámos a Hanoi depois de um curto voo ,que nos transportou desde a cidade de Hué (situada 575 quilómetros a sul).À chegada à capital do Vietname,e embora tivéssemos a esperança de que fossemos recebidos por uns bonitos raios de sol,a verdade é que quem nos aguardava foi o mesmo tempo chuvoso que nos acompanhou durante a nossa passagem  de dois dias pela cidade imperial de Hué.


Chegámos a Hanoi
Logo à saída do aeroporto e depois de consultar os preços dos vários "operadores",optámos numa espécie de taxi colectivo (com a promessa que nos deixariam perto do nosso hotel). Apesar da carrinha já estar a abarrotar lá conseguiram arranjar espaço para nós,as mochilas é que tinham que ir ao colo.
Quando pensávamos que seriamos os últimos e que sairíamos logo de seguida,percebemos que estavam à espera de mais alguém,que apareceu pouco depois (acompanhado de algumas malas).
-"mas onde é que querem meter esta gajo mais as malas?"-pensei eu e provavelmente grande parte dos outros passageiros.
Empurra aqui,espreme ali e la foi possível acomodar toda a gente.O conforto não era propriamente a grande preocupação de quem geria aquele negocio,mas também por três dolares não se pode pedir muito mais (por um trajecto de quase quarenta quilômetros).


O encanto de Hanoi está na confusão

O "chauffuer" devia ter a mania que era o Vettel ou coisa do gênero,pois acelerava que nem um louco e pouco se importava com as pobres vidas que transportava e pelo qual era responsável.
Assim que entramos no perímetro da cidade fomos parando em todas as estações e apeadeiros para descarregar pessoal.Andamos nisto quase vinte minutos até que ficamos só nós.
Pouco depois já estávamos no hotel e como ainda era cedo para fazer o check in,deixamos as mochilas na recepção e saímos de imediato.
Tínhamos guardado dois dias para conhecer a capital e segunda maior cidade do país,onde habitam qualquer coisa como 6.500.000 pessoas.
Como íamos ficar instalados no Old Quarter,decidimos que iríamos iniciar a visita por essa zona.O Old Quarter (tal como o nome indica) é a área mais antiga de Hanoi e onde ainda podemos encontrar algumas construções típicas que conseguiram sobreviver ao passar dos séculos.
Depois de alguns dia de calma,regressávamos de novo à confusão e ao transito caótico típico das grandes cidades do Vietname.


Old Quarter


Old Quarter

O ponto de partida do nosso itinerário foi um pequeno templo budista que não ficava longe,mas  não foi fácil de encontrar.Depois de algumas perguntas lá chegámos ao local pretendido.
O templo Bach Ma comemorou o milésimo aniversario em 2010 o que faz dele o mais antigo da cidade.


Templo Bach Ma


1010-2010

Assim que entramos todo o barulho e rebuliço que reina por estas bandas desaparece e felizmente durante o tempo que aqui andámos tivemos a sorte de ter o espaço só para nós.

Apesar da visita ser rápida,vale a pena vir conhecer este local,acima de tudo pela sua importância histórica.A estrutura original data do século XI e chegou a receber alguns imperadores.


Interior


Interior


Interior


Interior

Depois destes momentos de "paz",regressámos ao mundo real e seguimos em direção à zona onde se encontram os principais pontos turísticos.
Para já o primeiro objetivo era visitar o complexo de Ho Chi Minh,que é onde se encontram (entre outras coisas) o mausoléu que guarda o corpo do antigo presidente,a casa onde habitou e o palácio presidencial.
De mapa na mão caminhámos em ritmo de passeio pelas congestionadas ruas de Hanoi,até que finalmente chegámos à praça Ba Dinh,que é nada mais nada menos que um grandioso espaço aberto (muito ao estilo soviético).


Praça Ba Dinh


Praça Ba Dinh

Lá ao fundo completamente destacado da paisagem envolvente já avistávamos o mausoléu,que está aberto ao publico ás terças,quintas,sábados e domingos das 08:00am ás 11:00am.

O acesso é gratuito mas obviamente existem regras para quem quer visitar:
-Dentro do edifício convém manter uma postura de respeito.
-Não é permitida a entrada com Mochilas,maquinas fotográficas/video (incluindo telemóveis).
-Os homens não podem entrar com calções (só calças) e as mulheres têm de cobrir os ombros.
A passagem pelo interior é rápida e todos os passos são altamente controlados por militares que não deixam ninguém parar.Quase não temos tempo para ver o corpo de Ho Chi Minh,que se encontra dentro de um caixão de vidro.


Mausoléu de Ho Chi Minh


Mausoléu de Ho Chi Minh

Convém referir que o mausoléu está encerrado durante os meses de Outubro e Novembro,altura em que o corpo viaja até a Rússia para ser "tratado". 

Apesar das milhares de pessoas que se amontoavam á entrada desencorajarem até os mais corajosos,verdade é que todo o processo está espantosamente bem organizado e rapidamente foi formada uma fila que nos permitiu entrar e sair do edifício num piscar de olhos.
Mausoléu de Ho Chi Minh

Não foi preciso muito mais tempo para percebermos que os mais importantes pontos turísticos da capital estão inevitavelmente ligados com o antigo presidente,e assim que deixámos o mausoléu demos de caras com o museu Ho Chi Minh.

Depois de comprarmos o respetivo bilhete (25.000VND),dirigimo-nos para a entrada onde fomos revistados e as nossas mochilas passadas no raio-x.


Museu Ho Chi Minh


Museu Ho Chi Minh


Museu Ho Chi Minh

Este museu foi inaugurado em maio de 1990,data em que se comemoraria o centésimo aniversário de Ho Chi Minh.Lá dentro,as exposições estão divididas pelos dois pisos do edifício e tudo gira em torno do carismático líder.No primeiro andar,além de diversos objetos pessoais,estão também expostos alguns rascunhos de discursos,documentos importantes,livros e fotografias de alguns momentos importantes da sua vida (tanto profissional como privada).


Alguns livros pessoais do antigo presidente


Estatua de Ho Chi Minh

O andar superior é ocupado por várias exibições temáticas,que retratam diversos períodos e acontecimentos que marcaram a historia do Vietname.Também aqui Ho Chi Minh não foi esquecido e logo no cimo das escadas,em local de destaque,encontra-se uma enorme estátua do grande herói nacional que mais parece estar a dar as boas vindas a todos os visitantes.



Estatua de Ho Chi Minh


Uma amostra do passado do Vietname

Como nesta zona os pontos de interesse se encontram relativamente perto uns dos outros,alguns minutos bastaram para chegarmos a um dos locais de culto mais conhecidos da cidade de Hanoi.

A One Pilar Pagoda é um pequeno templo budista e tal como o nome indica,foi construído sobre um único pilar de betão e fica situado num jardim que faz parte do complexo Ho Chi Minh.Apesar de ser uma réplica de uma outra um pouco maior que aqui existiu e que estupidamente foi destruída pelas tropas francesas,este local continua a atrair muitos fiéis (e ainda mais turistas) o que a transformou num dos principais símbolos religiosos da capital.
Gostámos de deste pequeno "cantinho" que supostamente deveria ser respeitado,mas durante o tempo que aqui andámos (não sabemos se será sempre assim) ficámos com a impressão de estar numa feira onde alguns turistas pouco conscientes pareciam querer que a sua voz se ouvisse na china.
Esta foi uma das razões que nos levou a não "perder" muito tempo neste local.


One Pilar Pagoda


Enquanto uns rezam outros acham que estão na feira


O interior


Ainda no complexo Ho Chi Minh,não podémos deixar de visitar a casa onde viveu o antigo chefe de estado,assim como o palácio presidencial.Estes dois locais estão agrupados num único espaço (situado do lado direito do mausoléu) e só é necessário comprar um bilhete (no valor de 25.000VND).



Memorial Ho Chi Minh e Palacio Presidencial

Uma vez no interior tivemos a oportunidade de ver,além da sua casa,o edifício onde trabalhava e onde recebia as visitas de estado,e também alguns carros usados pelo presidente enquanto esteve no ativo.


Local de trabalho do antigo presidente 

Local de trabalho do antigo presidente 

Caros usados por Ho Chi Minh

Ho Chi Minh sempre se assumiu como uma pessoa simples e dispensava qualquer tipo de luxos.Desde o primeiro dia de mandato que lhe foi dada a possibilidade de morar no palácio presidencial,mas optou sempre por ficar numa modesta casa de madeira situada a poucos metros do seu local de trabalho.


Casa de Ho Chi Minh

A antiga habitação do presidente foi mantida com o seu aspeto original e pode ser parcialmente visitada.
No piso térreo podemos ver uma zona de estar e de refeições,já o primeiro andar é ocupado por um quarto e um pequeno escritório.
Tudo isto se encontra rodeado por bonitos jardins e alguns lagos.


Interior

Interior



Jardins exteriores

Estatua de Ho Chi Minh

Para terminar a visita seguimos em direção ao palácio presidencial e só quando lá chegámos é que no apercebemos que não se encontra aberto ao público e só podemos admirar o exterior deste bonito edifício de estilo colonial,mandado construir pelos franceses para acolher o governador da Indochina.


Palácio Presidencial

Palácio Presidencial


Com a visita ao complexo terminada,regressámos ao Old Quarter e resolvemos ir experimentar uma especialidade vietnamita.
Sabíamos da existência de um local (Pho Co Café) onde se podia beber o típico café com iogurte.As indicações que nos foram dadas pareciam ser bem precisas mas andámos as voltas e por diversas vezes chegámos a pensar que já não existia.Finalmente a nossa persistência foi recompensada e pouco depois lá demos com a entrada.


Entrada Pho Co Café

Acesso ao interior

O acesso é feito por um corredor/beco que passa completamente despercebido e que nos conduz a um pequeno pátio ladeado de casas privadas. 
Se segundos antes andávamos no meio do rebuliço e da confusão,aqui parecia que tínhamos entrado noutra dimensão...Silêncio e calma são as palavras que descrevem este "oásis".


Interior

Interior

Fizemos o pedido,subimos uma escada de ferro e la em cima deparámo-nos com uma varanda/esplanada que nos oferecia uma vista brutal sobre o lago Hoàn Kiêm. Desfrutámos destes momentos ao mesmo tempo que nos deliciávamos com o nosso café...




E foi aqui que demos por terminado o nosso primeiro dia em Hanoi.


Em baixo podem aceder a todas as nossas crónicas sobre o Vietname:
Good morning Vietneme
Ho Chi Minh
Túneis de Cu Chi
Hoi An
Ruinas de My Son
Hué parte 1
Hué parte 2
Hanoi parte 1
Hanoi parte 2
Halong Bay


Podem acompanhar as nossas viagens e ver todas as fotos desde e outros destinos na página do Diario das Viagens no Facebook.

Sem comentários:

Enviar um comentário