domingo, 8 de maio de 2022

CIDADE DO MÉXICO - DESCOBRIR A CAPITAL MEXICANA EM TRÊS DIAS

Cidade do México - O que visitar

A longa viagem desde a Europa deixa-nos mais vulneráveis e à chega, ciente das nossas fraquezas, a Cidade do México assume o controlo de cada um dos nossos sentidos, conquistando de imediato o coração. A capital do México é assim, impiedosa no primeiro contacto, dando-nos dessa forma pouco espaço de manobra para que nos defendamos das suas investidas na arte de seduzir. Não resistimos e deixamo-nos então levar pelo charme presente nas ruas movimentadas do centro histórico, pelas pessoas que sem nos conhecerem nos cumprimentam com um sorriso, pelos sabores típicos vendidos a cada esquina e, sobretudo, pela vida que fervilha na mais imponente praça da cidade. A cada bairro visitado acabamos por desvendar uma personalidade distinta. Ora romântica, ora decadente, ora libertina ou mais envergonhada, a capital do México mostra-nos sem reservas que conhecer as suas diversas facetas poderá ter sido, afinal, uma das experiência mais enriquecedoras desta nossa curta mas extremamente produtiva passagem pela cidade. 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Foi então sabendo que dispúnhamos de uma janela temporal relativamente reduzida que traçámos um itinerário mais ou menos ambicioso de forma a rentabilizar ao máximo o pouco tempo que reservámos para visitar a capital do país.  


A NOSSA SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA VISITAR A CIDADE DO MÉXICO EM 3 DIAS:

DIA 1 - SABOREAR, SENTIR E DESCOBRIR O CENTRO HISTÓRICO
Neste primeiro contacto com a capital do México procuramos não forçar demasiado o ritmo para que a adaptação a esta nova realidade aconteça de forma gradual, dando assim espaço para seja a cidade a dar-se a conhecer. Um dia em que caminhámos, sentimos e descobrimos alguns dos seus principais atributos. 

.ZÓCALO
É no maior e mais espetacular espaço público da cidade que damos início ao nosso passeio pela capital do México. Este é definitivamente um local único que para além de ter um enorme peso na história do país é também uma das áreas mais movimentadas da metrópole. O nosso olhar perde-se na beleza das construções que abraçam o Zócalo, que segundo percebemos é em muitos casos o palco escolhido para a realização de protestos, celebrações ou ações de sensibilização da população. O ambiente e a energia que se vive nesta praça de proporções épicas acabaram por ser a introdução perfeita à nossa estadia na cidade. 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar


.CATEDRAL METROPOLITANA
Aproveitando a nossa passagem pelo Zócalo não deixamos passar a oportunidade de visitar a maior e mais antiga Catedral da América Latina. Depois da chegada e consequente ocupação da região por parte dos conquistadores espanhóis, deu-se então início à construção deste templo religioso que deslumbra não só pela beleza e grandeza exterior como também pela imponência e detalhes presentes no interior do espaço. 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar


.TEMPLO MAYOR
Depois de visitar a Catedral Metropolitana realizámos uma pequena viagem no tempo e por momentos percorremos as ruínas de uma antiga estrutura de origem Azteca situada a meia dúzia de metros do Zócalo. Segundo os especialistas este local foi outrora um importante centro religioso que após a chegada dos colonizadores espanhóis acabou por ser parcialmente desmantelado, tendo as suas pedras sido utilizadas na construção da Catedral. Mesmo assim o espaço ainda se mantém relativamente conservado e como seria de esperar não deixámos passar a oportunidade de o visitar. 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar


.CASA DE LOS AZULEJOS
À medida que percorremos o centro histórico vamo-nos deparando com belíssimos exemplos da arquitetura de outras eras. Edifícios históricos cuidadosamente recuperados e que hoje acolhem hotéis de luxo, restaurantes sofisticados ou simplesmente estão ali para serem admirados. É então embebidos neste espírito de regresso ao passado que viajamos até ao século XVIII e a um antigo palácio que se destaca das construções envolventes devido à sua fachada forrada de vistosos painéis de azulejos. A Casa de los Azulejos é hoje um conceituado restaurante que ainda mantém o charme de outros tempos e mesmo que não tenhamos realizado nenhuma refeição, não deixámos de percorrer o espaço e de nos deslumbrar com cada uma das salas que o compõem. 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

 
.PALÁCIO DE BELLAS ARTES
Nesta área da cidade parece ser difícil afastarmo-nos da elegância arquitetónica presente na maioria dos edifícios que connosco se vão cruzando, e não precisamos de caminhar muito para nos depararmos com mais uma construção que nos rouba a atenção e nos faz parar para a podermos admirar. Diante nós temos agora o bem preservado Palácio de Bellas Artes que sem grandes dificuldades se destaca de toda a paisagem urbana que o envolve. Pesquisamos um pouco e ficamos a saber que o espaço acolhe não só um museu mas também uma sala de espetáculos, sendo possível realizar uma visita ao interior se para isso tivermos dispostos a pagar pelo devido ingresso. Optámos por não o fazer.

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar


.PALÁCIO POSTAL
Uns metros mais adiante deparámo-nos com aquela que será a maior surpresa deste nosso passeio pelo centro histórico da cidade do México. O Palácio Postal está inserido num posto dos correios ainda em funcionamento e que se destaca pela sua decoração interior (rica em mármores e bronzes). Quase de imediato somos transportados para uma época de grandes mudanças, quando tudo parecia ser feito para impressionar. 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar


.PLAZA 23 DE MAYO E RECTORÍA DE SANTO DOMINGO DE GUZMÁN
Este foi um dos locais que descobrimos por acaso quando explorávamos as zonas situadas a norte do Zócalo e que aparentemente já não fazem parte dos principais roteiros turísticos da cidade. Sentámo-nos num dos bancos de ferro existentes na Plaza 23 de Mayo e enquanto dávamos algum descanso às pernas observámos o permanente corrupio de pessoas que por ali passam. Não deixámos de visitar a Igreja que se ergue numa das extremidades da praça e que atualmente é tudo o que resta de um antigo complexo monástico erguido no período que precedeu à chegada dos conquistadores espanhóis. 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar
 

.AS CORES, OS CHEIROS E OS SABORES DOS MERCADOS DE RUA
Os mercados de rua fazem parte da cultura de uma grande parte dos países da América latina e durante esta nossa passagem pela capital do México não dispensámos a visita a alguns destes espaços onde as cores, os cheiros e os sabores são a imagem mais fiel do ambiente exótico que caracteriza esta região do globo. 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar
 

DIA 2 - UMA VIAGEM AO PASSADO NO MUSEU NACIONAL DE ANTROPOLOGIA
Da lista de objetivos que traçámos para a nossa passagem pela Cidade do México, o Museu Nacional de Antropologia sempre ocupou uma posição de destaque e, mesmo que o tempo disponível fosse de certa forma limitado, nunca abandonámos a ideia de conhecer este incrível local. Depois da visita ao museu terminámos o dia no jardim Chapultepec que para além de ser um dos maiores espaços verdes da capital é também o ponto de encontro de eleição de muitos dos habitantes locais (principalmente ao final da tarde). 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar


DIA 3 - VISITAR TEOTIHUACAN E APRENDER SOBRE A CIVILIZAÇÃO AZTECA 
No último dia da nossa estadia na cidade do México visitámos as ruínas de Teotihucan, tentando assim aprofundar o conhecimento sobre a civilização Azteca. Acordámos cedo e ainda na capital seguimos de metro até ao Terminal de Autobuses Norte onde apanhámos um autocarro até àquela que é considerada uma das mais importantes zonas arqueológicas do país. Depois de cerca de uma hora de viagem chegamos ao local onde outrora existiu um enorme centro urbano, do qual ainda resistem um número considerável de estruturas relativamente bem conservadas. Os principais destaques do complexo são obviamente a Pirâmide do Sol, a Pirâmide da Lua e a Avenida de los Muertos. 

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

Cidade do México - O que visitar

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

.COMO FOMOS DO AEROPORTO PARA O CENTRO DA CIDADE
Ainda que fosse possível usar outros meios de transporte, fizemos uso do bem organizado sistema de metro que para além de circular por toda a cidade é extremamente barato. Depois de deixar o terminal do Aeroporto Internacional Benito Juárez caminhámos meia dúzia de minutos de forma a apanharmos a Linha 5 (amarela) que em pouco mais de 20 minutos nos transportou até ao local pretendido. A tarifa para este serviço e de 5MXN por trajeto.

.QUAL A MELHOR ALTURA PARA VISITAR A CIDADE DO MÉXICO?
A cidade do México pode ser visitada durante todo o ano, contudo a melhor altura é durante a estação seca que se estende entre os meses de Dezembro e Abril. Para além da probabilidade de chuva ser bastante reduzida durante este período, as temperaturas são também mais amenas. De Maio a Novembro apesar dos termómetros atingirem valores mais elevados o risco de precipitação aumenta significativamente. A celebração do Dia de los Muertos acontece entre os dias 27 de Outubro e 2 de Novembro e poderá ser igualmente uma excelente oportunidade para conhecer a capital do México.

.COMO NOS DESLOCÁMOS
Durante a nossa estadia na capital do México optámos por caminhar bastante de forma a contactar ao máximo com a realidade local. Contudo, para chegar a algumas áreas mais distantes, também usámos o bem organizado e barato sistema de metro. A única vez que apanhámos o autocarro foi no dia que fomos visitar a zona arqueológica de Teotihucan. 

.QUANTO TEMPO É PRECISO PARA VISITAR A CIDADE?
Como já foi referido e uma vez que o roteiro traçado para esta viagem só nos permitiu permanecer três dias na cidade, acabámos por perceber que a nossa estadia foi curta para a quantidade de locais e experiências que a capital do México tem para oferecer a quem a visita. Hoje, e se tivéssemos a oportunidade de reprogramar a nossa viagem, talvez optássemos por permanecer mais tempo. Talvez cindo dias fossem suficientes para aprofundar o nosso conhecimento sobre a cidade. 

.É SEGURO VISITAR A CIDADE DO MÉXICO?
Muito se diz e escreve sobre a segurança na capital do México e ainda que possam eventualmente existir algumas áreas da cidade mais "manhosas", a verdade é que em momento algum nos sentimos desconfortáveis, mesmo durante as nossas saídas noturnas. Tal como em qualquer outro local do globo, achamos que o importante é manter o bom-senso, evitando não só comportamentos de risco como a ostentação desnecessária de bens materiais.


 
PARA SABER MAIS SOBRE ESTA E OUTRAS VIAGENS,
ACOMPANHE O DIÁRIO DAS VIAGENS NAS REDES SOCIAIS: 

Sem comentários:

Enviar um comentário