quarta-feira, 22 de outubro de 2014

.ATENAS - ROTEIRO COMPLETO PARA DOIS DIAS


Gostamos de locais que nos levam a viajar no tempo. Locais que mesmo em silêncio nos contam estórias de eras longínquas onde de uma forma quase primitiva um qualquer homem visionário se prestou a criar verdadeiras obras primas. Atenas tem uma beleza estranha que só se revela no momento em que entendemos o seu verdadeiro peso histórico. É um local único no mundo e que se deve saborear calmamente, rua após rua, templo após templo e detalhe após detalhe...
É assim a capital da Grécia vista através do nossos olhos!





-DO AEROPORTO PARA O CENTRO DE ATENAS
O primeiro contacto que terão com a capital grega será muito provavelmente o aeroporto internacional de Atenas (Eleftherios Venizelos Airport) situado a cerca de 25 kms do centro da cidade.
Existem diversas alternativas para fazer esse trajeto, umas mais económicas outras nem tanto.

.BUS (AIRPORT EXPRESS)
Para quem procura gastar pouco dinheiro a melhor opção é apanhar o Airport Express (X95) até à praça Syntagma. Este autocarro circula 24 horas por dia com uma frequência de 15 a 30 minutos. O bilhete tem um custo de  5 euros (pode ser comprado diretamente no bus) e leva aproximadamente uma hora a efetuar o percurso. 

.METRO
Outra alternativa é o metro (linha azul), que nos transporta até a Syntagma ou Monastiraki entre as 6:30 e 23:30 (5:30 e 22:58 no sentido contrario). 
Este serviço é consideravelmente mais rápido que o autocarro mas custa 8 euros.
Não esquecer de validar o bilhete depois de comprar. 

.TÁXI
Os que procuram chegar ao centro de maneira mais confortável sem se preocupar com o "orçamento" o táxi é sem sombra de dúvidas a escolha mais acertada.
O preço varia entre os 35/40 euros durante o dia e o dobro depois da meia noite (double fare). Provavelmente poderão ser cobrados uns euros extras se tiverem bagagem de grande porte.
É importante confirmar sempre se o taxímetro está na tarifa 1 durante o dia (se estiver na 2 quer dizer que vos estará a ser cobrada a tarifa noturna).
O preço do táxi de e para o aeroporto não é negociável.

-O QUE VISITAR EM DOIS DIAS
Apesar de não ser uma cidade fantástica, Atenas é daqueles locais onde se respira história e prova disso são os muitos monumentos espalhados por toda a parte que refletem o passado glorioso de todo um país. 

Sugerimos a compra do bilhete combinado que permitirá ao seu portador entrar em 7 locais de interesse à sua escolha (incluindo a Acrópole, a encosta sul da acrópole,o templo de Zeus,a Agora Antiga,a Agora Romana,a Biblioteca de Adriano e o cemitério de Karamelkos).

Bilhete Combinado

.DIA 1

-O PARLAMENTO E O RENDER DA GUARDA 
O parlamento fica situado no extremo este da Praça Syntagma.
Em frente deste antigo palácio real, realiza-se diariamente (a todas as horas do dia) o render dos guardas (Evzones) que ali se mantêm em "vigília" e prestam uma homenagem permanente ao soldado desconhecido que se encontra sepultado neste local. 
Às 10:00 de todos os domingos a "cerimonia" é mais elaborada e conta com a presença de todo o plutão que marcha acompanhado de uma banda desde a rua Vasilissis Sofias até ao Parlamento.

Render da guarda

-JARDIM NACIONAL
Situados nas traseiras do parlamento estes bonitos jardins funcionam como um autêntico oásis no centro da capital proporcionando agradáveis passeios longe do transito caótico e da confusão que reinam por toda a cidade. 
(Entrada Gratuita)

Jardim Nacional
-ESTÁDIO PANATHINAIKO
Totalmente construído em mármore branco este estádio de atletismo também chamado de Killimarmaron foi erguido em 556 a.C.
Depois de ao longo dos anos ter sido sucessivamente restaurado, foi em 1895 completamente remodelado e recebeu a primeira edição dos jogos olímpicos da era moderna. 
Em 2004 quando Atenas voltou a organizar umas olimpíadas foi novamente usado para a realização de algumas competições. 
(Bilhete: 3,00 euros)

Estádio Panathinaiko
Estádio Panathinaiko
-TEMPLO DE ZEUS
Esta estrutura monumental foi erguida em honra do Rei dos deuses do Olimpo.
A sua construção iniciou-se no séc.VI a.C. e prolongou-se por 700 anos. Hoje em dia só restam algumas colunas do que outrora foi o maior de todos os templos Gregos.
Apesar de já pouco restar da construção original, vale mesmo a pena visitar este local não só pela sua historia mas também pela imponência e pelos detalhes presentes nas várias colunas que ainda se mantêm de pé. 
(Incluído no bilhete combinado)

Templo de Zeus
Templo de Zeus
-ARCO DE ADRIANO
Situado no extremo oeste do Templo de Zeus, este arco triunfal construído em 131 d.C. funcionava na época quase como uma fronteira. O monumento é uma das peças de destaque de uma antiga rua que ligava a cidade velha de Atenas à nova secção Romana construída por Adriano.
Duas importantes inscrições estão esculpidas na arquitrave,uma de cada lado.
Na primeira (direção da Acrópole) pode ler-se: "Esta é Atenas a cidadeantiga de Teseu".
A segunda (do lado oposto) diz: "Esta é a cidade de Adriano e não a de Teseu".
(Acesso Gratuito) 

Arco de Adriano
-ENCOSTA SUL DA ACRÓPOLE
A encosta sul da Acrópole desempenhava um papel marcante tanto no meio artístico como no meio religioso e espiritual da antiga cidade de Atenas. Neste local foram edificados importantes espaços públicos. Um dos mais marcantes é o Teatro de Dionysos que foi construído entre 340 a.C. e 330 a.C. e que na altura acolheu remarcáveis espetáculos.
Originalmente tinha capacidade para 17.000 espetadores, contudo atualmente só 20 das 64 filas de bancadas se encontram mais ou menos intactas. De forma quase incrível ainda resistem alguns cadeirões de mármore, cada um deles contendo uma inscrição gravada que o associa a alguma personalidade importante daquela época. 
(Incluído no bilhete combinado)

Vista superior do Teatro
Vista a partir do chão
Antigos cadeirões de mármore
Inscrições nos cadeirões 
Detalhe do friso inferior do palco
Do lado esquerdo do Teatro de Dionysos podemos ver tudo o que resta de uma antiga construção chamada Stoa of Eumedes. Segundo registos da época tratava-se de um enorme corredor colunado e totalmente coberto. Foi erguido no século II a.C. e que fazia a ligação entre o Teatro de Dionysos e outra grande sala de espetáculos batizada de Odeon of Herodes Atticus (Teatro de Atticus Herodes) e que data da era romana. 

Stoa Of Eumenes (lado este)
Stoa Of Eumenes (lado oeste)
Odeon of Herodes Atticus
-ACRÓPOLE
Todos os dias vários milhares de turistas deslocam-se a este local, como tal é importante escolher bem o momento da visita para pelo menos tentar evitar as enchentes assim como as horas de maior calor. 
Sugerimos que visite a Acrópole ás primeiras horas do dia ou então ao final da tarde (pessoalmente achamos a última opção a mais acertada).
Uma vez que a zona arqueológica se encontra aberta diariamente das 8:00 as 18:00, aconselhamos que iniciem a visita por volta das 16:00 de forma a ter tempo suficiente para ver tudo calmamente, desfrutando de cada momento.
(Incluído no bilhete combinado)

Mapa Acrópole e da encosta sul
Sugerimos que inicie a visita pela Beule Gate, um arco de origem romana adicionado no séc.III à "cidade dos deuses". Assim que atravessamos este bonito portal deparamos-nos com a imponente Propylaea que tal como hoje, também na altura funcionava como o principal acesso à Acrópole. 
Do lado direito da entrada ergue-se o bonito Templo de Athena Nike. construído ente os anos 427 a.C. a 424 a.C. e que na altura abrigava uma estátua da deusa Grega que deu o nome a capital do país. O templo foi recentemente restaurado, apresentando atualmente um aspeto muito idêntico ao original.

Acrópole 

Assim que damos os primeiros passos no interior da Acrópole é impossível não reparar no incrível edifício que se ergue diante nós. O  Pártenon é um dos monumentos mais importantes da antiga civilização grega e mesmo depois de terem passado mais de 2000 anos desde a sua construção continua a ser o grande símbolo da cidade e do país. 

Fachada Oeste do Pártenon
Ainda que esteja permanentemente a "sofrer" trabalhos de recuperação a verdade é que é impossível não ficar deslumbrado com esta incrível obra de mármore branco desenhada pelos arquitetos Iktinos e Kallikrates. A execução custou qualquer coisa como 469 talentos (moeda usada na altura) que comparado com o dinheiro atual terá sido uma autêntica fortuna.

É importante referir que alguns dos fragmentos, imagens e frisos originais podem ser vistos no Museu da Acrópole.

Fachada Este do Pártenon
Detalhes
Poucos metros a norte do Pártenon encontram-se as ruínas do antigo Templo de Athena e logo a seguir ergue-se mais um dos grandes edifícios da antiga "cidade dos deuses". O Erechteion é na realidade composto por três estruturas distintas, destacando-se de todos os outros devido às seis estátuas femininas, também chamadas de Caryatids, que sustêm o pórtico do pequeno terraço sul. As figuras que vemos atualmente são replicas das originais que se encontram no museu da Acrópole (cinco) e no British Museum (uma). 

Em primeiro plano os poucos vestígios do templo de Athena e ao fundo o Erechteion
Terraço Sul (Caryatids)
Se caminharmos até ao extremo da muralha este da Acrópole encontramos um miradouro do qual é possível ter uma vista privilegiada sobre grande parte da cidade de Atenas.


De forma a terminar o dia da melhor maneira sugerimos que abandone a Acrópole ao final da tarde e a subirem até ao ponto mais alto da Colina de Areopagus de onde caso o tempo permita poderá assistir a um fantástico por-do-sol. 

Por-do-sol visto da colina de Areopagus
Por hoje o passeio termina desta forma.
Amanhã há mais...

.DIA 2

-PRAÇA MONASTIRAKI
O dia de hoje inicia-se por volta das nove da manhã. 
O ponto de partida será a Praça Monastiraki (Plateia Monastirakilou) que a esta hora ainda se recompõe dos excessos da noite anterior, encontrando-se muito provavelmente ainda sem as multidões que mais tarde lhe retirarão parte da sua beleza.
A praça é relativamente pequena e está situada numa área central que permite que nos possamos deslocar facilmente para qualquer lado seja a pé ou de metro. O espaço é limitado a norte pela Igreja de Pantanassa e a sul pela Tzistarakis Mosque, esta última é um importante vestígio deixado pelos Otomanos aquando da sua presença em Atenas.

Plateia monastirakilou
Igreja Pantanassa
Depois de abandonar a Plateia Monastirakilou pelo lado norte, entre na Rua Ermou e caminhe para Oeste onde irá encontrar o primeiro local que hoje aconselhamos visitar.

.CEMITÉRIO KARAMEIKOS

Em tempos este cemitério ocupou uma área que se situava nas margens do rio Eridamos, no exterior das muralhas da antiga cidade, e segundo se sabe já seria utilizado no ano 3000 a.C., contudo só em 1200 a.C. é que ganhou algum destaque na planta da cidade. Atualmente ainda é possível ver diversas pedras tumulares, sarcófagos e estátuas.
(Incluído no bilhete combinado) 

Cemitério Karameikos
Cemitério Karameikos
Deixamos os Cemitério, fazemos o caminho no sentido contrário até à Plateia Monastirakilou e logo ali ao lado poderá utilizar mais uma entrada do seu bilhete combinado.

.BIBLIOTECA DE ADRIANO
Situada a sul da Praça Monastiraki, esta bonita obra de mármore branco foi construída entre 132 d.C. e 134 d.C. desempenhava um papel fundamental na vida intelectual do povo Ateniense. 
Tal como em grande parte dos locais que temos visitado, também aqui a destruição é quase total e muito pouco resta da construção original. A parte mais bem conservada e onde ainda sobrevive uma fila de sete colunas praticamente intactas encontra-se do lado esquerdo da entrada principal.
(Incluído no bilhete combinado)

Biblioteca de Adriano
Segundo registos da época a estrutura exterior era composta por 100 colunas que rodeavam o pátio central onde provavelmente existiria um jardim interior.
A biblioteca propriamente dita ocupava toda a área ao fundo (este). Ao centro num grande edifício de dois andares eram guardados os livros (papiros) e de cada um dos lados existia uma sala de leitura e um auditório.

Biblioteca de Adriano
Biblioteca de Adriano
Existe também uma pequena exposição onde se encontra uma estátua da deusa Nike  Romana (Victoria) assim como uma série de peças encontradas no local.

Estátua da deusa Nike Romana (Victoria)
-ÁGORA ANTIGA
Para aqui chegar basta seguir pela rua em frente da entrada/saída da Biblioteca de Adriano. 
Pode-se dizer que este era o coração da antiga Atenas. O poder político, social, cultural, administrativo e comercial assim como a sede da justiça ficavam neste grandioso espaço repleto de historia. Há mesmo quem afirme que as palavras "democracia" e "ciência" nasceram neste local.
(Incluído no bilhete combinado)

Mapa da Agora Antiga
A Ágora Antiga era a maior área pública nas imediações da
Acrópole e grande parte das estradas de Atenas convergiam neste grandioso espaço.
Aqui existiam templos, altares, enormes estátuas, fontes assim como alguns dos mais bonitos edifícios da cidade.

Agora Antiga
Uma das poucas estruturas que resistiram ao passar dos séculos é a Stoa de Attalos
O edifício foi totalmente restaurado e encontra-se do lado esquerdo da entrada. Nos seus dois andares está instalado o bem organizado Museu da Ágora Antiga onde estão expostas uma infinidade de peças encontradas no local.

Stoa de Attalos (exterior)
Stoa de Attalos (interior)
Exatamente do lado oposto, surge o Templo de Hephaistos que foi inaugurado no ano de 450 a.C. como um tributo a Hephaistos e à deusa grega Ergani.


-ÁGORA ROMANA
Não muito distante fica outra Ágora, mas desta feita de origem Romana. 
Ágora Romana é substancialmente menor que a Ágora Antiga e data de um período posterior ao Século I a.C., altura em que a cidade de Atenas já havia caído aos pés do império Romano.

Agora Romana
Agora Romana
O espaço era ocupado pelo fórum e ao seu redor existiam outras construções de onde se destaca a ainda existente e impressionante Torre dos Ventos, mandada construir pelo astrónomo Andronicus. O nome original é Horologiom of Andronikos Kyrrhestos e para além de ser usada para fim astrológicos (cada um dos seus quatro lados está alinhado com os pontos cardeais) tinha também a função de relógio. Destaque para o friso superior onde estão gravadas algumas imagens. 

Torre dos Ventos
Torre dos ventos
As Latrinas foram outro dos edifícios descobertos após os trabalhos arqueológicos realizado ao longo dos tempos. Ao que parece tinham capacidade para 64 pessoas e na altura eram consideradas um espaço público e de socialização.
Embora a Ágora tivesse duas entradas (propylas) o acesso principal da Agora Romana era feito pela Gate of Athena Archegetis situada a Oeste. 

-BAIRRO DE PLAKA
Por agora fazemos uma pausa nos monumentos e propomos-lhe que se deixe perder num dos bairros mais autênticos da capital grega. 
Bairro de Plaka fica situado na encosta oriental da Acrópole e segundo os estudos realizados está é uma das áreas mais antigas de Atenas, havendo mesmo vestígios que datam de um período em que o povo Otomano ocupou a região.
Atualmente é o turismo que dita as regras e por todo o lado abundam restaurantes, cafés, hotéis e lojas de souvenirs. Apesar de contribuírem para uma certa descaracterização da zona, estes estabelecimentos acabam dão um ar um tanto ao quanto boémio ás ruelas estreitas e labirínticas que certamente o deixaram rendidos à sua beleza.

Ruas do bairro de Plaka
Ruas do bairro de Plaka
Ruas do bairro de Plaka
Ainda em Plaka, mas já perto do topo da encosta encontra-se um pequeno aglomerado de casas e ruas caiadas de branco de aspeto rural que nos "transportam" para o ambiente de algumas das mais badaladas ilhas do país.
Esta área tem é conhecida como Anafiotika.

Anafiotika
Anafiotika
Anafiotika
Anafiotika
-RUA PANEPISTIMIOU
Desde o bairro de Plaka até Syntagma é um "saltinho" e é a partir deste local que o convidamos a entrar na Rua Panepistimiou de forma a admirar alguns dos mais bonitos edifícios públicos da cidade.
É ao longo desta artéria que se situa um conjunto de três construções que formam a chamada "Trilogia Neoclássica" de Atenas. 
Uma dela é a Academia de Atenas, composta por diversos blocos de aparência distinta mas que em conjunto acabam por se adaptar uns aos outros, formando uma das obras mais harmoniosas da capital.

Academia de Atenas
Universidade Nacional é o segundo exemplo deste grupo. O local foi erguido entre 1839 e 1864 e segue as regras básicas/estéticas do Neoclassicismo. É constituída por um edifício em forma de "H" com dois pátios simétricos (um de cada lado). 

Universidade Nacional
O último destaque vai para a Biblioteca Nacional de Atenas que acolhe a mais completa coleção de livros do país. 

Biblioteca Nacional
-MUSEU DA ACRÓPOLE
Nenhuma visita a Atenas pode ficar completa sem uma visita ao fantástico Museu da Acrópole onde se encontram expostos muitos dos "tesouros" arqueológicos provenientes da cidade dos deuses. 
Se durante a estadia em Atenas só tiverem a oportunidade de visitar um museu, este é sem sombra de dúvidas a escolha mais acertada.


O local está dividido em quatro andares, cada um deles dedicado a um tema diferente.
O nível térreo é onde se situa a entrada, um auditório e também os serviços de apoio aos visitantes (bilheteira, informações, vestiários etc). No corredor que dá acesso ao primeiro andar estão expostos centenas de objetos encontrados nas escavações levadas a cabo por toda a área da Acrópole.


O primeiro piso encontra-se reservado ao período arcaico e está em grande parte ocupado por estátuas, algumas delas provenientes de templos anteriores ao Pártenon, de onde se destacam as famosas cinco figuras originais do templo de Erechtheion (a sexta encontra-se no British Museum em Londres).


No segundo andar existe um restaurante e um enorme terraço que oferece uma vista privilegiada da Acrópole.

O último piso é a joia da coroa do museu. Na chamada Galeria do Pártenon podem ser admirados grande parte dos frisos e estátuas originais do grandioso templo.
Ainda neste andar está instalada uma sala de projeção onde podemos assistir a um filme extremamente elucidativo sobre o Pártenon.

Galeria do Pártenon
Galeria do Pártenon
Galeria do Pártenon
Com a visita ao museu terminada, chega também ao fim o segundo e último dia em Atenas.
Este pequeno guia/roteiro foi executado com base na nossa passagem pela capital Helénica e pretende mostrar que é possível conhecer uma grande maioria das atrações turísticas com um orçamento relativamente reduzido.

****Os preços e horários apresentados são referentes ao período da nossa passagem (Outubro de 2014) e obviamente estão sujeitos a alterações.

-OUTRAS CRÓNICAS SOBRE A GRÉCIA (ILHAS):

  Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na pagina do Diário das Viagens no Facebook.

1 comentário: