segunda-feira, 13 de junho de 2016

.ROTEIRO-ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL


Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na página do Diario das Viagens no Facebook.

Por vezes temos tendência a não valorizar o que é nosso e que nos pertence por direito,mas a verdade é que lá fora este nosso cantinho à beira mar plantado é constantemente descrito como um verdadeiro tesouro pronto a ser descoberto.
Portugal é uma autêntica caixinha de surpresas,repleta de paisagens arrebatadoras,de pessoas simpáticas,comida maravilhosa e de um sem número de monumentos que testemunham uma das histórias mais ricas e emocionantes existentes no mundo.
Tudo isto está aqui,bem ao nosso lado.Só precisamos de "perder" algum tempo,olhar à nossa volta para nos apercebermos o quão maravilhoso é o nosso país.
No que depender de nós,nunca nos cansaremos de divulgar tudo o que de bom temos por cá.
Desta vez o Diario das Viagens lançou-se à aventura e durante cinco dias percorreu algumas estradas e caminhos de um Portugal ainda pouco explorado,com o objectivo de descobrir e dar a conhecer as Aldeias Históricas de Portugal.

Perder-se pelas ruas pavimentadas de forma grotesca é a melhor maneira de descobrir todos os segredos que cada uma delas tem para nos revelar.
Castelos,pelourinhos,muralhas,igrejas e solares são elementos comuns a quase todas elas.


Estas são as doze aldeias históricas de Portugal:

1. Linhares da Beira


2. Belmonte


3. Piodão 


4. Castelo Novo 


5. Monsanto


6. Idanha-a-Velha


7. Sortelha


8. Castelo Mendo


9. Almeida


10. Castelo Rodrigo


11. Marialva


12. Trancoso


.Onde se situam
Na Beira interior,entre os rios Douro e Tejo,escondem-se doze aldeias que se encontram estrategicamente alinhadas ao longo da fronteira com a vizinha Espanha e que no passado foram palco de batalhas entre portugueses e castelhanos,tendo de alguma forma mudado o rumo e a história do nosso país.

.O percurso
O percurso completo tem uma extensão de aproximadamente 550 Km's e pode ser executado de forma circular não sendo necessário ter um ponto de partida e chegada obrigatório,estes podem ser escolhidos tendo em conta a localização de cada um de vós.
Cinco dias é o tempo que achamos ser necessário para executar o circuito de forma tranquila e sem pressas,utilizando sempre as estradas nacionais para se deslocar entre cada aldeia.
Antes de iniciar é aconselhável planificar o trajecto de forma racional,tendo em conta o tempo de visita a cada uma das aldeias assim como o tempo gasto em deslocações.



.Quando visitar
As aldeias podem ser visitadas em qualquer altura do ano,mas o melhor período para realizar esta viagem é entre os meses de Abril e Junho,altura em que o clima é mais ameno e as paisagens mais verdejantes.No inverno as temperaturas são gelidas e no verão por vezes o calor é insuportável.

.Onde dormir
Onde dormir é um dos pontos a ter em conta na planificação desta viagem.É importante ficar alojado num local estratégico de forma a tirar o máximo partido do tempo que dispomos.
Nós escolhemos pernoitar na cidade da Guarda e nas aldeias de Monsanto e Almeida.
Em baixo deixamos uma referência a cada um dos locais onde decidimos pernoitar e que aconselhamos.

-Casa da Sé (Guarda)
Situada bem no coração do centro histórico da cidade da Guarda,a dois passos da Sé,esta guest house é provavelmente a mais carismática da cidade.
Os quartos,assim como toda a casa encontra-se decorada de forma tradicional.Todos os hospedes têm acesso gratuito a internet sem fios.
Este é sem duvida um local a ter em conta para quem visita esta zona do país.

-Casa do Chafariz (Monsanto)
Um dos locais mais fantásticos onde tivemos oportunidade de ficar durante esta viagem.
A Casa do Chafariz é o tipico alojamento local,onde a simpatia da dona Celeste e os quartos decorados de maneira rústica nos fizeram sentir verdadeiramente em casa.Depois de um dia inteiro a caminhar este foi o local ideal para relaxarmos e recarregarmos as baterias.
A casa "oferece" internet sem fios para todos os hospedes.

-Casa Morgado (Almeida)
Situado a pouco mais de 200 metros da aldeia histórica de Almeida este estabelecimento oferece quartos simples mas extremamente cómodos,todos eles equipados com casa de banho privativa e internet sem fios gratuita.

.Dica
Durante este trajecto e se tiverem a possibilidade de acrescentar mais um ou dois dias aos cinco necessários,é possível parar e conhecer outras aldeias/cidades que mesmo não tendo o "titulo" de históricas merecem ser visitadas.
São elas:
-Penha Garcia
-Folgosinho
-Penedono
-Sabugal
-Guarda
-Viseu

.Ajuda
A aplicação para smart phone das aldeias históricas de Portugal é uma grande ajuda.
Podem fazer o download clicando aqui.

Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na página do Diario das Viagens no Facebook.

Sem comentários:

Enviar um comentário