quinta-feira, 6 de julho de 2017

.CASAS DO ADRO-TAPÉUS


Perdida no meio do maciço do Sicó,fica uma pequena aldeia de seu nome Tapéus.
Foi nesta espécie de Portugal esquecido que fomos encontrar as extraordinárias Casas do Adro que nos acolheram durante o tempo que nos lançámos na exploração das Buracas do Casmilo.
A aldeia é fascinante,repleta de pequenas casinhas típicas bem cuidadas com flores coloridas nos beirais e rodeadas de encostas rochosas onde os pinheiros crescem sem pressas,pintando de verde a paisagem envolvente.
Apesar da cidade de Coimbra ficar a uma curta distância,aqui não há poluição,confusão,nem ruídos desnecessários.O ambiente que se vive é de calma constante e os dias sucedem-se sem sobressaltos,sempre embalados pelas melodias dos pássaros,pela leve brisa que faz dançar as copas das árvores e pelo sino da igreja que toca para nos lembrar que afinal o tempo vai passando.




As Casas do Adro são quanto a nós,daqueles alojamentos de turismo rural que fazem falta ao nosso país e onde o hóspede se sente verdadeiramente em casa.
Este projecto familiar ainda recente,nasceu da necessidade de proporcionar a quem visita esta zona,uma experiência genuína da hospitalidade tão típica do povo português,e tem na simpatia da bem disposta e sempre prestável Beatriz Albano a sua grande impulsionadora.

À nossa chegada esta jovem empresária recebeu-nos na companhia da sua avó e bastou-nos uma breve conversa para percebermos que a simplicidade e o conforto são o grandes trunfos das Casas do Adro.



Todos os quartos encontram-se decorados de forma rústica,mas com extremo bom gosto e onde a diferença é feita pelos pequenos detalhes.
Ao saberem o propósito da nossa estadia,foi-nos destinado o quarto batizado de Buracas do Camilo.Gesto que apreciámos e nos deixou obviamente sensibilizados.


Quarto Buracas do Casmilo
Quarto Buracas do Casmilo 
Quarto Buracas do Casmilo
Quarto Buracas do Casmilo
Além do quarto onde ficámos instalados,existem mais quatro,todos eles com temas e decorações distintas,onde predominam peças de mobiliário típicas da região,cuidadosamente restauradas.
Adorámos a ideia e na nossa opinião esta foi uma ótima forma de proporcionar a estes tesouros do passado uma nova vida,numa nova era.
Por falar em nova era convém referir que a internet sem fios se encontra presente por todo o espaço e funciona bastante bem.


Quarto Dolina
Quarto Dolina
Quarto Senhora do Circulo
Quarto Senhora do Circulo
Quarto Algar
Quarto Algar
Quarto Lápias
Quarto Lápias
A hospitalidade que sentimos durante a nossa estadia nas Casas do Adro acabou por se estender muito para além daquilo que estamos habituados nos alojamentos convencionais.
Desta vez,a simpática Beatriz,disponibilizou-se para nos acompanhar até ao Vale das Buracas,convidando-nos depois para um delicioso jantar preparado na enorme cozinha lá em casa e onde só foram usados produtos da região.




Se já estávamos conquistados,este gesto acabou por fazer com que nos rendêssemos de vez aos encantos deste projecto que pelo que vivemos e experimentámos tem tudo para dar certo.

-Sugestão:
Nas noites de verão sabe bem sair à rua e sentados em silêncio no adro da igreja,deliciem-se com o incrível céu estrelado que com toda a certeza estará presente sobre as vossas cabeças.

Contactos
-Morada:Largo da Igreja-3130,388 Tapéus
-Telefone:00351 966 395 018
-Site:www.casasdoadro.com
-e-mail:geral@casasdoadro.com

Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na pagina do Diario das Viagens no Facebook.

Sem comentários:

Enviar um comentário