sábado, 22 de dezembro de 2018

.SENTIR-SE UM EXPLORADOR NOS TEMPLOS DE DENDERA E ABYDOS


Depois de dois dias fantásticos em Luxor, nos quais tivemos a oportunidade de explorar tanto a margem ocidental como a margem oriental da cidade, chegou o momento de seguir viagem. 
No Egito os principais pontos turísticos do país encontram-se ligados através de uma bem organizada rede de transportes que permite ao visitante deslocar-se com relativa facilidade. Se até aqui não havíamos tido qualquer dificuldade em chegar a cada um dos locais que escolhemos visitar, rapidamente nos demos conta que pela primeira vez iríamos ser confrontados com algumas limitações que apesar de nunca terem posto em causa a realização desta etapa, iriam com certeza exigir o gasto de alguns euros extra do nosso orçamento. 

A visita aos Templos de Abydos e Dendera, era para nós um dos objetivos essenciais desta viagem e do qual não estávamos dispostos a abdicar. 
Após alguma pesquisa percebemos que o comboio seria muito provavelmente a opção mais viável e económica de chegar à região, deixando-nos ainda assim, dependentes da fraca pontualidade deste serviço, assim como com a incerteza de onde poderíamos deixar a bagagem durante a nossa incursão pelos templos.
Outra das alternativas encontradas foi o autocarro, que apesar de bastante confortável nos deixava mais uma vez à mercê de horários pouco compatíveis com os nossos intentos.
Tendo em conta todos estes fatores, assim como o tempo limitado que dispúnhamos, impunha-se alguma ponderação em relação ao custo/beneficio desta jornada, acabando o táxi privado por se revelar a escolha mais lógica, segura e fiável, ainda que mais dispendiosa.
Desde logo percebemos que poucos taxistas pareciam dispostos a realizar o trajeto, a não ser a troco de um valor estupidamente elevado. Foram muitas as tentativa e outras tantas negociações falhadas com algumas agências de transporte privado. Mesmo assim, acabámos por conseguir através do nosso hotel, fechar negócio para o passeio desejado. Ainda que o preço se revelasse inferior aos propostos até então, não deixou de ser caro para o que estávamos a pensar gastar. 
O valor deste serviço foi 1000 EGP.

.OS TEMPLOS

.TEMPLO DE ABYDOS
O Templo de Abydos pode parecer à primeira vista idêntico a tantos outros que visitámos durante os últimos dias, contudo, este local é segundo dizem, diferente de tudo o que já havíamos visto no Egito.
Quase sem estarmos à espera a confirmação dessa singularidade surge logo assim que percorremos os primeiros metros para lá do enorme portal de pedra que de forma simbólica assinala a fronteira entre dois mundos distintos. 
Ainda que visivelmente desgastado pelos mais de quatro mil anos de história, este incrível monumento é com toda a certeza um dos mais bem conservados exemplos artísticos da civilização egípcia de outros tempos.
A pouca luz que vai penetrando no espaço revela-nos de forma progressiva a beleza escondida para lá das sombras, saltando à vista os detalhes assim como os incríveis relevos que ainda hoje cobrem grande parte das paredes, dos tetos e das colunas. 
-VALOR DO INGRESSO: 100 EGP



 




.TEMPLO DE DENDERA
O templo de Dendera superou todas as nossas expectativas.
O ambiente um tanto ao quanto obscuro e a ausência total de outros visitantes fez-nos vestir a pele de exploradores que acabam de descobrir um local fantástico. 
Para grande parte dos que visitam estes locais perdidos no tempo, pode por vezes ser difícil imaginar como seria o seu aspeto original com todo o esplendor que seguramente teria nos seus tempos áureos. 
Contudo, perante os relevos, as cores e os magníficos detalhes ainda bem presentes em praticamente todo o complexo, facilmente embarcamos numa viagem até ao antigo Egito.
Hoje muito provavelmente caminhamos sobre o mesmo chão de pedra, seguindo quem sabe, os mesmos passos de faraós e sacerdotes. 
-VALOR DO INGRESSO: 100 EGP







-OUTRAS CRÓNICAS SOBRE O EGITO:


Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na página do Diário das Viagens no Facebook. 

Sem comentários:

Enviar um comentário