quinta-feira, 7 de maio de 2015

.TRAKAI



Depois de apanhar-mos um autocarro que nos transportou desde Riga,na Letónia,alcançámos o terminal de bus de Vilnius onde sem demoras voltámos a apanhar outro bus até ao nosso destino de hoje:A cidade de Trakai situada a aproximadamente vinte quilómetros da capital.




Chegámos bem cedo o que acabou por ser um ponto positivo,visto que aquela hora só nos cruzámos com meia dúzia de turistas que tal como nós percorriam os dois quilómetros que separam a gare e o famoso Castelo de Trakai.
O caminho é feito sempre pela estrada principal que nos conduz primeiro pela área mais moderna da cidade e depois por espaços mais "rurais" onde imperam as famosas casas de madeira coloridas tão típicas desta zona.
Em passo normal o trajecto deverá levar talvez uns vinte minutos a fazer,mas obviamente "gastámos" um pouco mais,visto que parávamos constantemente para tirar fotos.









Quase sem dar-mos por isso já estávamos à beira das águas do Lago Galvé onde 'flutuam" várias dezenas de pequenas ilhas,uma das quais é com certeza a mais famosa de todas,visto que é nela que se situa o lindíssimo Castelo de Trakai que já se encontra neste local desde o sec.XIV. 




O acesso à ilha é feito através de uma ponte de madeira que se estende por vários metros,e à medida que avançamos,o castelo que ao longe até não parece ser muito grande vai ficando cada vez maior e imponente.
A arquitectura é lindissima,capaz de nos transportar para os tempos medievais onde a fortaleza desempenhava um papel importantíssimo na defesa desta zona.Durante os tempos que se seguiram chegou a ser a residência oficial do grão duque da Lituânia,mas mais tarde foi convertido numa prisão até que deixou de ter a importância inicial e durante anos foi negligenciado.Em 1962 o governo local decidiu investir na sua restauração.




Quando chegámos à entrada do castelo,fomos directamente comprar os bilhetes que nos dariam acesso ao interior da estrutura assim como a um museu que ali existe.Embora gostássemos de fazer a visita,rapidamente mudámos de ideias no momento que percebemos que o preço por pessoa é de 5,21 euros.
Limitámo-nos a tirar algumas fotos do pátio central que se vê perfeitamente mesmo sem comprar bilhete.




Como não queríamos ir embora com a sensação de que ficara algo por visitar,resolvemos aproveitar o tempo passeando ao redor das muralhas exteriores do castelo e acabámos por dar a volta à ilha que não é muito maior que o próprio castelo.





Quando já nos preparávamos para fazer o caminho de regresso,passámos á porta de um pequeno café/restaurante situado a escassos metros do lago,onde reparámos que se vendia uma especialidade típica Lituana que se assemelha bastante ás "nossas" empadas mas que por ali se chama Kibinai.





Apesar da passagem por Trakai ter sido rápida e de nem sequer ter-mos visto o interior do castelo que para falar verdade foi a principal razão que nos fez vir aqui,a visita valeu a pena pela beleza desta zona.Muito verde,muita natureza,as casinhas coloridas que encontrámos pelo caminho e mesmo que tenha sido só por fora adorámos ver o castelo que parece flutuar nas aguas azuis do lago.

Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na pagina do Diario das Viagens no Facebook.
****Os preços e horários apresentados são referentes ao período da nossa passagem (abril de 2015) e obviamente estão sujeitos a alterações.

Sem comentários:

Enviar um comentário