terça-feira, 16 de dezembro de 2014

.GHENT-UM TESOURO A DESCOBRIR


Ghent,Gent ou Gand.Pouco importa como lhe chamemos,o que importa mesmo é referir que a capital da Flandres oriental (Oost-Vlaanderen) é uma das mais bonitas e charmosas cidades Belgas.
Seja de Bruxelas ou de qualquer outro ponto da Bélgica,facilmente aqui podemos chegar de comboio.
Esta crónica fará com que incluam Ghent no vosso roteiro quando visitarem o País.
Um dia chega para ficar a conhecer este tesouro.

.A Cidade 
A cidade só por si já é razão mais que suficiente para justificar a visita.A história riquíssima,a arquitectura soberba e o ambiente romântico que envolve toda a cidade seja de dia ou de noite cativam qualquer visitante e tornarão a vossa passagem por Ghent uma experiência inesquecível.





.Catedral de Saint Bavon (St.Baafskathedraal)
Catedral de Saint Bavon em francês.Este é um dos mais importantes espaços religiosos da cidade e acolhe a sede da diocese de Ghent desde 1559 altura em que foi batizada com o nome atual.
A sua grande torre pode ser vista de praticamente qualquer ponto da cidade e muitas vezes serve de ponto de referência.
Construída no ano de 1543,esta incrível obra de estilo Barroco alberga no seu interior vários pontos de interesse.A primeira coisa que chama a atenção dos visitantes é bonita coleção de vitrais espalhados pelo espaço e por onde entra a luz do dia.Outro dos destaques é a magnifica pintura de Rubens (situada do lado esquerdo do altar).
Mas o grande tesouro é sem duvida um painel composto por vinte peças chamado " The Adoration of the Mystic Lamb" que fazia parte do altar da capela que existia neste local antes da construção da catedral.
Para admirar esta obra prima que se encontra numa sala à parte e mantida em condições especiais é necessário pagar 4 euros.Quem não estiver disposto a gastar essa quantia pode apreciar uma réplica que se situa na capela 30 (sexta do lado direito do altar).





.Torre do Campanário (Belfort)
Esta é outra das grandes torres que se destacam da toda a paisagem.Com 91 metros de altura é o campanário mais alto do país.Em conjunto com a Catedral de de Saint Bavon e a Igreja de S.Nicolau forma o mítico triângulo das torres de Ghent.
A sua construção data do sec.XIV e desde 1999 que está classificado como património da UNESCO. 
Por seis euros podemos visitar o interior onde se encontram cerca de cinquenta sinos,alguns deles pesando várias toneladas.É também possível subir ao topo e desfrutar da melhor vista sobre a cidade de Ghent.




.Igreja de S.Nicolau (St.Niklaaskerk)
Provavelmente é a igreja mais antiga de Ghent.Foi construída entre 1220 e 1250 sobre um antigo templo.
Com o passar dos anos foi perdendo importância a chegou mesmo a ficar em ruínas e só nos finais do sec.XIX se iniciaram os trabalhos de restauro.Hoje em dia é um dos locais de passagem obrigatória para quem visita a cidade.








.Ponte S.Michael (St.Michielshelling)
Esta ponte que atravessa o rio Lys é um dos melhores pontos para admirar a excelência da arquitectura medieval tão característica desta zona assim como alguns dos mais bonitos edifícios da cidade.De um lado a Igreja S.Michael e do outro a Igreja de S.Niculau,a Torre Belfort e a Catedral Saint Bavon
Sensivelmente a meio da ponte um dos candeeiros está decorado com uma estátua do Anjo Gabriel.





.Rua dos Graffitis (Werregarensteeg)
Não vem assinalada nos roteiros turísticos,como tal na maioria dos casos passa despercebida a grande parte dos visitantes.
Trata-se de uma pequena e estreita ruela cheia de cor uma vez que as paredes de ambos os lados se encontram preenchidas por várias centenas de graffitis.
Esta passagem liga as ruas Hooogpoort e Onderstr.




.Praça Central (Vrijdagmarkt)
Desde o inicio da história de Ghent que este local assumiu uma importância fulcral na vida social e política da cidade.Atualmente ainda funciona como ponto de encontro dos habitantes locais,visto que às sextas e sábados se realiza aqui um mercado que enche de cor todo este espaço.
Ao redor da praça existem diversos cafés de onde destacamos a Taverne Dulle Griet onde podemos beber uma de 250 marcas de cerveja belga aqui servidas. 






.Gravensteen
Este antigo castelo de pedra rodeado por um fosso e que data do sec.XII,pertenceu outrora aos condes da Flandres.Atualmente é uma das imagens de Ghent e provavelmente um dos locais mais fotografados da cidade.
É possível visitar o interior.O bilhete custa dez euros e inclui passagens pelas prisões subterrâneas e algumas salas onde estão expostas máquinas e aparelhos de tortura usados no passado assim como armas e equipamentos de guerra dos tempos medievais.
Na nossa opinião o preço é um pouco exagerado para o conteúdo.
Para quem quiser fazer bonitas fotos do exterior do castelo o melhor local é na St.Widostraat.





.Graslei
Esta é uma das ruas mais pitorescas de Ghent.
Faz a ligação entre a Ponte S.Michael e a Ponte Grasbrug e proporciona um bonito passeio ao longo da margem do Rio Lys.
Aconselhamos percorrer este troço ao final da tarde,altura em que o sol se esconde por detrás dos edifícios típicos situados na margem oposta,alguns deles com várias centenas de anos.A esta hora a cidade ganha uma cor espetacular.




.Passeio de Barco pelos Canais
Depois de um dia inteiro a caminhar,nada melhor que um belo passeio de barco através do Rio Lys e dos cais que serpenteiam a cidade.Este é sem dúvida um excelente pretexto para descomprimir ao mesmo tempo que vemos Ghent de uma perspectiva totalmente diferente...mais romântica.
Estes mini cruzeiros demoram cerca de uma hora e custam 6,50 euros por pessoa.





Apesar de ser menos conhecida que a vizinha cidade Brugges,Ghent é na nossa opinião mais charmosa e autêntica.

Ghent é a cidade que mais gostamos de visitar na Bélgica...é um tesouro pronto a ser descoberto e a cada nova passagem fazemos sempre novas descobertas.
Para nós é sempre um prazer regressar...tot gauw!

Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na pagina do Diario das Viagens no Facebook.

****Os preços e horários apresentados são referentes ao período da nossa passagem (Agosto de 2014) e obviamente estão sujeitos a alterações.

3 comentários:

  1. Que linda! Já está na minha lista quando provavelmente for à Bélgica. Obrigada pela partilha. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando vieres até cá não te esqueças de nos dizer.

      Eliminar