quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

.PORTO-DO BOLHÃO À RIBEIRA-ROTEIRO PARA DOIS DIAS


É realmente fácil apaixonarmos-nos pelo Porto. Bastaram dois dias para que nascesse em nós um sentimento de afeto por esta cidade que nos recebeu com frio (visitamo-la em dezembro) que foi rapidamente suplantado pelo enorme calor humano dos seus habitantes. A simpatia das pessoas foi sem dúvida o que mais nos marcou.
OBRIGADO ao Porto e às suas "gentes" por nos terem recebido e acolhido tão bem.
A nossa estadia foi curta mas extremamente produtiva e no par de dias que por lá ficámos tivemos oportunidade de conhecer os pontos mais importantes da "cidade invicta".

Em baixo deixamos uma lista de várias experiências e locais imperdíveis que com certeza ajudará todos aqueles que estiverem a pensar visitar esta fantástica cidade.
O Porto está na moda e neste momento é um dos destinos mais "in" da Europa e não estranhamos que nos últimos tempos tenha recebido distinções de várias e conceituadas entidades ligadas ao turismo.





-DIA1

.AVENIDA DOS ALIADOS

As gentes locais têm por hábito chamar-lhe a sala de recepções da cidade, razão pela qual achamos que este é sem dúvida o melhor local para iniciar a nossa visita ao Porto. Fica situada num ponto central e é hoje tal como no passado, o espaço escolhido para a realização dos eventos mais importantes. 
Foi projetada no início do século XIX e grande parte dos edifícios que aqui se encontram datam desse período, mostrando o lado cosmopolita de uma cidade que soube manter as raízes e tradições. 
Destacamos a Estátua de D.Pedro IV e o Edifício da Câmara Municipal, situados nos extremos da Avenida.




.MERCADO DO BOLHÃO
Este é o mercado mais emblemático da cidade e já funciona neste local desde os meados do século XIX. Apesar da sua idade, mantém o espírito de outros tempos e continua a ser um local de eleição, onde os habitantes vêm fazer as suas compras. 
O espaço é composto por dois andares, ambos ocupados por várias dezenas de bancas de onde as vendedoras gritam pregões típicos de forma a chamarem a atenção dos fregueses.
Visitar o Mercado do Bolhão é descobrir o lado mais genuíno da cidade do Porto.




.CAPELA DAS ALMAS
Situada no coração da baixa portuense esta é uma das igrejas mais bonitas da cidade, muito por culpa do seu aspeto exterior, totalmente coberto de painéis de azulejos que representa cenas da vida de S.Francisco de Assis assim como de Sta.Catarina.
Ao contrário do exterior, o interior é bastante simples mas extremamente bem cuidado.
Diariamente muitos fieis vêm até este local para realizar as suas orações, como tal é aconselhável que os visitantes mantenham uma postura de respeito. 





.CAFÉ MAJESTIC
Um dos mais antigos e luxuosos cafés da "invicta". O espaço foi inaugurado no dia 17 de Dezembro de 1921 com o nome "Elite" e um ano mais tarde acabou por ser rebatizado com a sua designação atual. Passados quase 100 anos mantém o glamour de outros tempos, sendo um autêntico pedaço da história da cidade.
Se no seu auge era ponto de encontro da aristocracia portuense, hoje é essencialmente frequentado por turistas, o que faz com que os preços praticados sejam um pouco exagerados para o padrão de vida nacional. 
Em 2011 foi considerado o sexto café mais bonito do mundo.
Fica situado na Rua de Sta.Catarina.




.IGREJA DE SANTO ILDEFONSO
No extremo sul da Rua de Sta.Catarina (Praça da Batalha) é possível encontrar este bonita igreja que tal como a Capela das Almas tem as suas paredes exteriores decoradas com os típicos azulejos azuis e brancos. 
Foi construída entre 1730 e 1739 sobre as ruínas de uma outra que existia no mesmo local.
Do interior (apesar de modesto) destacamos o lindíssimo altar de talha dourada assim como os vitrais coloridos.



.ESTAÇÃO DE S.BENTO
Trata-se de uma das principais portas de entrada na cidade, que diariamente recebe milhares de visitantes.
O edifício que acolhe a estação é da autoria do arquiteto José Marques da Silva e foi inaugurado em 1916 (apesar de já se encontrar em funcionamento desde 1896). A beleza do espaço é inquestionável, razão pela qual foi em 2011 votada pela revista Travel and Leisure como uma das gares ferroviárias mais bonitas do mundo (a única portuguesa incluída na lista). 
Um dos motivos para tal distinção são os painéis de azulejos que cobrem grande parte do hall principal e onde estão retratadas cenas relevantes da história de Portugal.




.SÉ CATEDRAL DO PORTO
Este é um dos mais antigos edifícios da cidade e está classificado como monumento nacional. A sua construção data do século XII mas ao longo dos anos foi sofrendo diversas intervenções arquitetónicas tanto no exterior como no interior. 
A fachada principal está orientada para o Terreiro da Sé onde se encontra a antiga Torre Medieval que tem a particularidade de ter sido desmontada peça por peça e recolocada a cerca de 15 metros do seu sitio original.
Neste mesmo espaço também se encontra um Pelourinho que ali foi colocado pela câmara municipal depois de terminadas as obras de reestruturação da zona envolvente.



.PRAÇA DA RIBEIRA
Fica situada nas margens do Rio Douro é uma das áreas mais conhecidas e visitadas da cidade, sendo um dos pontos de passagem obrigatória para os turistas que se deslocam ao Porto.
Quer seja de dia ou de noite, a Ribeira tem um ambiente super descontraído, convidando a  uma simples caminhada ao longo do rio ou a momentos de convívio numa das muitas esplanadas existentes. 




.PONTE D.LUÍS I 
É indiscutivelmente um dos grande símbolos da cidade. A mítica estrutura de ferro de dois tabuleiros faz a ligação entre o Porto e Vila Nova de Gaia desde 1886 (tabuleiro superior) e 1888 (tabuleiro inferior).
Sugerimos que atravessem a pé o tabuleiro inferior para que fiquem mais perto do local que iremos conhecer de seguida. 





.CAVES DO VINHO DO PORTO
O vinho do Porto é dos vinhos Portugueses mais conhecidos em todo o mundo e na zona ribeirinha de Vila Nova de Gaia é possível visitar algumas das caves pertencentes ás principais marcas deste produto. 
Caso queiram, aconselhamos comprar (numa das bancas situadas perto do cais da ribeira) um bilhete combinado que inclui a visita a três dessas caves assim como um passeio de barco de aproximadamente uma hora.
No nosso caso optámos por conhecer as caves Porto Cruz, Quevedo e Cockburn's, sendo esta última a que mais nos agradou devido à excelente visita temática que propõe aos visitantes. No final e em cada um dos casos, fomos convidados a provar duas variedades (Tawny e Ruby) de vinho do Porto.





.PROVAR A TÍPICA FRANCESINHA
Para fechar com chave de ouro o primeiro dia de visita, nada melhor que experimentar a tão afamada Francesinha. Este é indiscutivelmente um dos pratos típicos da região e como tal ocupa um lugar de destaque nas ementas de grande parte dos restaurantes da cidade.
Nós, depois de bem aconselhados por alguns amigos, optámos pelo Café Restaurante Santiago que tem a fama de servir a melhor francesinha do Porto.
Este local goza de uma enorme popularidade o que faz com que se encontre permanentemente a "abarrotar", por isso, aconselha-se uma boa dose de paciência, pois a espera por uma mesa pode ser demorada.
Atualmente existem três restaurantes desta cadeia familiar.
Dois deles na Rua de Passos Manuel e um na Praça dos Poveiros.



-DIA 2

.IGREJA DOS CARMELITAS E IGREJA DO CARMO

Estas duas igrejas encontram-se literalmente coladas uma à outra. A Igreja do Carmo é sem dúvida aquela que mais chama a atenção aos que por ali passam, muito por causa da sua beleza exterior. A fachada assim com o painel de azulejos datado de 1912 que cobre a parede lateral, são dois dos seus principais pontos de interesse.    
O interior é igualmente belo de onde se destacam os excelentes trabalhos em talha dourada das capelas laterais e do altar mor. 
Por seu lado, a Igreja dos Carmelitas possui uma fachada modesta mas o interior prima pela riqueza arquitetónica. Na altura da sua construção (1650) fazia parte do antigo convento dos carmelitas dos pés descalços (edifício que se encontra do lado esquerdo e que hoje é ocupado pela guarda nacional republicana).
Ambas as igrejas estão classificadas como monumento nacional.





.LIVRARIA LELLO
O nome original é Livraria Lello e Irmão.
Em virtude da sua inquestionável beleza este local ganhou subitamente fama internacional, fazendo atualmente parte de todos os roteiros turísticos da cidade.
O interior é extraordinário, de onde sobressaem as emblemáticas escadas que conduzem os visitantes ao piso superior, de onde é possível ter uma vista privilegiada do incrível painel de vitral que cobre grande parte do tecto. 
A livraria pode ser visitada a toda a hora, porém devido ao enorme peso turístico que representa é raro o momento em que se encontra vazia.
Na altura da nossa visita, o acesso ao local tinha um custo de 4 euros, valor que seria descontado na compra de um livro. 





.TORRE DOS CLÉRIGOS
Esta obra de estilo barroco é um dos ex-libris da cidade e um dos locais mais visitados pelos turistas que se lançam à descoberta do Porto . 
Da autoria de Nicolau Nasoni, a torre foi construída na primeira metade do século XVIII e faz parte da Igreja dos Clérigos, cuja a entrada se encontra situada no lado oposto.
Depois de adquirir o devido ingresso é possível subir até ao último nível através de uma escadaria em espiral, bastante estreita e composta por 240 degraus. No topo dos seus 76 metros podemos desfrutar de uma fantástica vista de 360°sobre toda a cidade.





.PALÁCIO DA BOLSA
Um dos locais mais espetaculares que visitámos durante a nossa estadia.  
Este é mais um dos muitos edifícios da cidade classificados como monumento histórico. Foi erguido nos meados do século XIX e é um excelente exemplo do estilo neoclássico. Foi inicialmente concebido para acolher a sede da Associação Comercial do Porto, razão pela qual também é chamado de Palácio da Associação Comercial do Porto. Atualmente, além da vertente turística acolhe também eventos políticos, sociais e culturais.
A visita dura aproximadamente 40 minutos e passa por algumas das salas mais importantes do edifício, de onde destacamos o Pátio das Nações e o incrível Salão ÁrabeO palácio da Bolsa fica situado na Praça Infante D.Henrique, local onde se encontram além da estátua do antigo navegador Português, o Mercado Ferreira Borges e a Igreja de S.Francisco.





.PASSEIO DE BARCO PELO RIO DOURO
Como já referimos anteriormente, na zona da Ribeira existem uma série de bancas onde podemos comprar um bilhete que combina a visita a três caves do vinho do Porto e um passeio de barco pelo Rio Douro. 
Este mini cruzeiro permite-nos apreciar de uma outra perspetiva grande parte dos locais que visitámos durante os últimos dois dias. 
O passeio dura aproximadamente uma hora e é certamente a melhor maneira de nos despedirmos desta cidade fantástica.



Estas são as sugestões de alguns locais e experiências interessantes que vos manterão ocupados durante dois dias sem gastar muito dinheiro.
Existirão com certeza muitos outros que poderiam ser acrescentados a esta lista. 
Aqui ficam alguns que por falta de tempo não nos foi possível visitar:
  • Centro Português de Fotografia
  • Casa da Música 
  • Museu Nacional Soares dos Reis
  • Casa do Infante
  • Casa/Museu de Serralves






Esperamos que este pequeno roteiro vos seja útil e que acima de tudo tenha despertado em vós vontade e curiosidade de conhecer o Porto.

Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na pagina do Diário das Viagens no Facebook.

****Os preços e horários apresentados são referentes ao período da nossa passagem (Dezembro de 2016) e obviamente estão sujeitos a alterações.

Sem comentários:

Enviar um comentário