sexta-feira, 6 de outubro de 2017

.MUSEU NACIONAL DOS COCHES-LISBOA


É domingo,o tempo está fantástico e agora os museus têm entrada gratuita neste dia da semana.
Há já algum tempo que tenho vontade de conhecer o Museu Nacional dos Coches...o novo, aquele que tanta polémica causou antes e após a sua recente inauguração.

Lembro-me de em miúdo,num qualquer passeio de escola ter visitado o antigo edifício que por ordem da Rainha D.Amélia,acolheu durante mais de um século alguns dos veículos que nos tempos de glória do nosso país transportaram reis e rainhas,príncipes e princesas.
Os anos passaram e o Picadeiro Real foi-se degradando,deixando de ter condições para albergar tamanho tesouro.
Após alguns avanços e recuos a decisão estava tomada...Está na altura de construir um novo museu capaz de acolher um dos espólios mais valiosos da história de Portugal.


A meia dúzia de metros da antiga morada nasceu um novo e moderno espaço onde é possível apreciar os Coches,as Berlindas e as Liteiras expostas no antigo edifício assim como muitos outros veículos reais que durante anos permaneceram guardados em diversos armazéns e palácios de Lisboa.
Para muitos dos visitantes que conheceram o antigo museu,esta nunca será uma mudança consensual,visto que o enquadramento atual deixa muito a desejar e apesar de mais espaçoso,percebe-se claramente que aqui as peças não estão tão valorizadas.
Contudo existe o outro lado da moeda.Para aqueles que visitam o museu pela primeira vez (e como é óbvio não têm um termo de comparação) acabam por gostar e em certos casos há certamente quem regresse a casa completamente rendido à beleza do que acabaram de ver.












Apesar das diferentes opiniões a verdade é que o Museu Nacional dos Coches é sem dúvida um local que não pode deixar de ser visitado,pois alberga a maior coleção a nível mundial de viaturas reais e não só,usadas entre os séculos XVI e XIX.

  Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na pagina do Diario das Viagens no Facebook.

Sem comentários:

Enviar um comentário