terça-feira, 29 de setembro de 2015

.ZADAR - O QUE VISITAR


Foi na cidade de Zadar que escolhemos pernoitar na terceira noite da nossa viagem pela Croácia
Depois de abandonarmos os Lagos Plitvice, só precisámos de uma hora e meia para estarmos à porta dos Apartments Lulic, um alojamento simples, situado ainda um pouco longe do centro.

O check-in foi bastante rápido e depois de termos deixado as mochilas no quarto, seguimos sem demoras para o centro histórico onde contávamos conhecer o máximo possível daquela pequena península banhada pelo Mar Adriático.
Mais uma vez e à semelhança do que havia acontecido em Pula, conseguimos estacionar gratuitamente o carro num local residencial situado relativamente perto da área que pretendíamos visitar.

Não havíamos feito grandes planos e como não sabíamos muito bem o que visitar optámos por caminhar calmamente e um pouco ao acaso, fomos tentando descobrir alguns dos tesouros presentes no interior da muralhas. 
Entrármos pela City Gate e o primeiro local que nos chamou a atenção foi a belíssima Praça Central também conhecida por Praça do Povo, um espaço típico e presente em muitas das cidades do país.  Aproveitámos o ambiente descontraído que se vive no local para nos sentarmos numa das esplanadas existentes e enquanto apreciávamos a bonita arquitetura envolvente aproveitamos para refrescar o corpo com uma bebida fresca.

Do local onde estávamos tínhamos uma vista privilegiada para o Palácio Girardini (câmara municipal) assim como da antiga mas bem conservada Torre do Relógio.



Abandonámos a Praça Central, visitámos a Igreja de S.Simão e pouco depois alcançarmos a Torre do Capitão erguida durante a ocupação Veneziana com o objectivo de travar os ataques das tropas turcas. Todos estes locais ficam situados bastante perto da Praça dos Poços construída em 1574 e assim chamada devido aos cinco poços existentes que alimentaram a cidade de Zadar até 1838. 
Nós não o fizemos, mas quem quiser pode dar um santinho ao Jardim da Rainha Jelena Madijevka acessível a partir da praça.



Acabámos por não demorar mais de dois minutos até chegar à Koprena Vrata, um grandioso portal de estilo renascentista que em tempos funcionou como uma das principais entradas da cidade. 




Zadar, tal como muitas cidades croatas é rica em vestígios de origem romana e um dos principais pontos de interesse da cidade é um antigo Fórum Romano do qual resta muito pouco. Este local encontra-se inserido num espaço bastante amplo situado a poucos metros das Igrejas de S.Donato e Sta.Maria e da Catedral de Sta.Anastasia.   





Numa altura em que o sol começava lentamente aproximar-se da linha do horizonte rumámos à zona ribeirinha de forma a desfrutarmos do mais incrível espetáculo que a cidade de Zadar oferece aos seus visitantes.

Em conjunto com centenas de outras pessoas assistimos a mais um lindíssimo pôr do sol, hoje embalados pelo som hipnotizante do Orgão Marinho que liberta uma melodia comandada pelas águas do mar Adriático.




Despedimo-nos da desta zona com uma curta passagem pelo enorme circulo de vidro, apelidado de Saudação ao Sol. O que aqui vemos é na realidade um gigantesco painel solar que acumula energia durante o dia que depois convertida em milhões de pontos luminosos de várias cores que todas as noites se acendem, proporcionando um fantástico show de luzes. 



Hoje foi sem dúvida o melhor dia desde que iniciarmos a nossa viagem pela Croácia

-OUTRAS CRÓNICAS SOBRE A CROÁCIA


  Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na pagina do Diário das Viagens no Facebook.

Sem comentários:

Enviar um comentário