quarta-feira, 16 de setembro de 2015

ZAGREB - UM DIA NA BONITA CAPITAL DA CROÁCIA


Passavam poucos minutos do meio dia quando o avião da Swiss que nos transportou desde Zurique, aterrou no aeroporto internacional de Zagreb. Para nosso desalento o tempo não estava famoso, e embora estivéssemos no início de setembro mais parecia um típico dia de inverno, com o céu coberto de nuvens cinzentas que ameaçavam descarregar sobre nós uma daquelas chuvadas capazes de atrapalhar os planos traçados para as horas que se seguiam. 
O desembarque foi rápido e como só viajávamos com as nossas mochilas, precisámos somente de alguns instantes para nos apresentarmos no balcão da Avantcar, a companhia de rent-a-car onde alugámos o carro que nos acompanharia durante a nossa viagem pela Croácia


O aeroporto fica situado a cerca de quinze quilómetros do centro da cidade e foi sem grandes dificuldades que chegámos ao super bem situado Hostel My Way que havíamos reservado previamente. Pagámos 27 euros por um quarto duplo com casa de banho privada.
Como só dispúnhamos da tarde para conhecer a cidade seguimos diretamente para o centro histórico, sempre com a sensação de que o céu nos iria a qualquer momento cair em cima da cabeça.  
A pé e de mapa na mão partimos à descoberta da capital da Croácia.

Percebemos de imediato que a zona onde estão situados os principais pontos de interesse se percorria sem grandes dificuldades, o que ajudou bastante a organizar um circuito que nos permitisse ficar a conhecer minimamente a cidade no pouco tempo que dispúnhamos.

Por se encontrar nas proximidades, optámos por seguir na direção da zona alta (Gornji Grad), passando primeiro pela praça Trg Bana Jelacica onde se ergue a estátua equestre do antigo governador Jelacic. Este grande espaço público é o local escolhido por muitos habitantes de Zagreb para se encontrarem no final do dia de trabalho. Para nós foi o ponto escolhido para iniciarmos a nossa visita.

.LEIA TAMBÉM: VISITAR O PARQUE NACIONAL DOS LAGOS PLITVICE



Depois de algumas fotos seguimos sem demoras para a Catedral de Zagreb, um dos ícones e provavelmente o edifício mais marcante da capital. Fica situada na área de Kaptol e as suas duas grandes torres podem ser avistadas de qualquer ponto da cidade. Se o exterior de estilo gótico impressiona pela imponência, o interior prima pela beleza arquitetónica. Sugerimos que gaste um pouco do seu tempo para apreciar a beleza e a riqueza artística dos detalhes usados na sua decoração. 
Ainda nesta zona fica o Palácio do Arcebispo que segundo ficámos a saber é o edifício mais antigo da cidade.



Passámos pela Stone Gate, a única porta da old town que sobreviveu até aos dias de hoje e onde atualmente se encontra um pequeno santuário que atrai visitantes e habitantes locais.  
A próxima paragem foi a praça Markov Trg que até ao século XIX foi o principal espaço público da cidade. É aqui que se encontra a Igreja de S.Marcos com o seu icónico telhado colorido. 
Do lado direito fica o Parlamento (Sabor). 


Não muito longe fica a Torre Lotrscak datada do século XIII e construída com o objetivo de proteger a porta sul da cidade. Hoje em dia é possível subir ao topo de onde os visitantes podem usufruir de uma das mais espetaculares vistas sobre a capital. 
Quem não quiser pagar as 20 Kn para subir à torre pode muito bem desfrutar de forma gratuita da vista a partir do Miradouro situado somente a alguns metros mais à frente.
Foi neste local que descemos em direção à zona baixa da cidade. Realizámos a descida pela escadaria que existe, mas quem assim o entender pode fazê-lo usando o carismático Funicular que já executa este curto trajeto desde 1888. 


Depois de terminada a visita à zona alta da cidade iniciámos a visita àquela que é chamada de parte baixa. Aqui a primeira paragem foi no Teatro Nacional da Croácia


Este edifício que se destaca devido à sua cor amarela foi construído em 1895 e acolhe espetáculos de ópera e ballet. Fica situado numa das mais movimentadas avenidas da capital, encontrando-se rodeado por um colorido e bem tratado jardim. 
Na pequena praça mesmo em frente ao teatro podemos ver uma Escultura do artista Ivan Mestrivic apelidada de "o melhor da vida".

.LEIA TAMBÉM: VISITAR DUBROVNIK - ROTEIRO COMPLETO


A área onde nos encontrávamos agora é rica em edifícios históricos, todos eles de fino recorte arquitectónico. Um dos que mais se destaca é o Museu Mimara, instalado num antigo palácio e que acolhe uma importante coleção de obras de arte que incluem esculturas, quadros, assim como algumas relíquias arqueológicas da antiga Grécia e Egito.


Não muito distante fica mais um edifício que merece ser apreciado. O Pavilhão da Artes é um belíssimo exemplar de art nouveau construído no final do século XIX e onde têm lugar alguma das principais exposições artísticas da cidade. 


Já ao início da noite o tempo mudou radicalmente e sem aviso prévio os céus descarregaram sobre nós uma chuvada que pensávamos só ser possível cair nos meses de inverno. 
Em poucos minutos as ruas transformaram-se em pequenos rios e a nós só nos restou guardar a máquina fotográfica, vestir os impermeáveis e tentar abrigar-nos sob um qualquer alpendre, na esperança de que aquela tormenta se extinguisse o mais rápido possível.
Em vão! Chovia cada vez mais e a água que alagava as ruas daquela zona da cidade ganhava uma dimensão difícil de compreender.
Resignados, percebemos que a nossa visita teria de ficar por ali. Sem outras opções rumámos ao hostel, fazendo uma curta escala num supermercado de forma a comprar alguns mantimentos. 

.LEIA TAMBÉM: ROTEIRO COMPLETO PARA VIAJAR UMA SEMANA DE CARRO PELA CROÁCIA


Na nossa opinião e contrariamente ás expectativas, achámos Zagreb uma cidade bastante interessante. Só tivemos pena que nas poucas horas que por ali andámos a meteorologia não tenha estado do nosso lado.
Preferíamos ter conhecido a capital da Croácia com sol e com um pouco mais de calma.
Ainda assim gostámos bastante e talvez um dia regressemos.



PARA SABER MAIS SOBRE AS NOSSAS VIAGENS E VER AS FOTOS DESTE E DE OUTROS DESTINOS ACOMPANHE O DIÁRIO DAS VIAGENS NAS REDES SOCIAIS:

Sem comentários:

Enviar um comentário