quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

.ROMA-ROTEIRO PARA 3 DIAS


Todos os caminhos vão dar a Roma.
Esta é uma das frases mais ditas sobre a capital Italiana e que reflete na perfeição o importante papel que a cidade teve durante o período de aproximadamente 500 anos que durou o domínio romano.
Nessa altura Roma era o coração de um grandioso império que se estendeu da Europa até ao Norte de África,passando pelo Médio Oriente.
A capital Italiana é uma das nossas favoritas,onde já estivemos por diversas vezes e onde regressaremos sempre que possível.
Na nossa opinião esta é uma cidade que pelo menos uma vez na vida todas as pessoas que se interessam por história deveriam visitar.Em cada esquina,em cada rua e em cada beco corremos os risco de "tropeçar" num dos milhares de vestígios daquele período dourado que miraculosamente resistiram aos séculos.
Com tanto para ver,visitar e descobrir o ideal era permanecer uma semana para ter tempo de explorar cada canto e cada monumento.Seja como for,sugerimos um escapadela num fim de semana prolongado,de forma a ficar a conhecer minimamente a cidade e quem sabe apaixonar-se pelos seus encantos. 



.Como chegar
Existem voos directos que ligam Lisboa e Porto à Capital Italiana.
A companhia Tap aterra no Aeroporto de Fiumicino situado a sensivelmente 30 quilómetro do centro.
Quem optar pela low cost Ryanair chega ao Aeroporto Ciampino que se encontra a cerca de 20 quilómetro da cidade.
Ambos os aeroportos estão bem servidos de transportes públicos que nos conduzem facilmente até a centro.
É igualmente possível usar a companhia de autocarros Terravision que por 4 euros (ida) e 8 euros (ida e volta) nos conduzem de forma confortável directamente até à Estação de Termini,situada bem no coração da capital.

.Quando ir
Tudo depende dos gostos e do que cada um pretende fazer durante a sua estadia na cidade.
Roma é uma cidade que merece ser fotografada e não é segredo para ninguém que com um dia de sol e um céu azul conseguimos fazer bonitas fotos.Por outro lado e para quem optar por conhecer a cidade a pé,não é muito agradável fazer-lo debaixo de chuva.
Sendo assim,pode-se dizer que o melhor período é a primavera,altura em que o tempo é mais estável e onde haverá mais probabilidade de apanharem uns bonitos dias de sol e com temperaturas bastante agradáveis.

.Como se deslocar
Roma percorre-se facilmente a Pé.Na nossa opinião esta é a melhor maneira de ficar a conhecer a cidade,pois permite-nos descobrir pequenos recantos que de outra forma passariam despercebidos.
O Metro e o Bus são sempre boas alternativas.É verdade que nos permitem ganhar tempo  nas deslocações mas mas perde-se no contacto com a cidade.
Os títulos de transporte dividem-se nas seguintes categorias :
-BIT Biglietto semplice (bilhete simples) €1,50
-BIG Biglietto giornaliero (bilhete de 1 dia) 6€,00
-BTI Biglietto per 3 Giorni (bilhete de 3 dias €16,50
-CIS Biglietto Settimanale (bilhete semanal) €24,00
Todos estes bilhetes podem ser usados tanto no metro como nos autocarros.

.Onde dormir
Embora não tenhamos por hábito aconselhar alojamento porque pensamos que cada pessoa tem os seus gostos e o que é bom ou aceitável para nós pode não ser para os outros,a verdade é que nesta última passagem por Roma ficámos instalados num pequeno hotel situado perto da estação Termini que apesar de ser bastante simples achámos que tem todas as condições para receber todos aqueles que não procuram grandes luxos.
A nossa escolha foi o New Rome House onde pagámos 25 euros por noite por um quarto duplo com w.c. privativo e pequeno almoço.



.O que visitar
Roma é com toda a certeza o maior museu a céu aberto existente em todo o mundo.Aqui respira-se história.
Com tanto para ver e descobrir o melhor mesmo é preparar minimamente a visita e fazer antecipadamente um pequeno "roteiro base" que servirá como guia,de forma a não se desviarem muito dos objectivos previamente traçados.Mesmo assim temos a certeza que vai ser difícil seguir à risca o trajecto assinalado.O que não falta na cidade são locais interessantes que vos obrigarão a reajustar os planos.
De forma a ajudar-vos a organizar a visita,partilhamos convosco o nosso top 20 de locais a não perder numa escapadela de três dias à capital italiana.

1.Piazza della Repubblica
Situada a dois passos da Estação Termini,esta movimentada praça de forma circular é um excelente ponto de partida para iniciar a visita à cidade.No centro fica a Fontana delle Naiadi.Ao redor,além dos vários hotéis e restaurantes de luxo só acessíveis a algumas carteiras,podemos visitar a Igreja Santa Maria Degli Angei e dei Martiri construída em 1561 sob uma parte as ruínas das Termas di Diocleziano que ainda podem ser visitadas e se situam nas traseiras do templo.







 2.Colosseo di Roma
Um dos mais famosos monumentos históricos deste periodo existente no mundo.De todos os vestigios da era romana,o Coliseu está entre os mais bem conservados,razão pela qual foi incluido em 2007 na restrita lista das Sete Maravilhas do Mundo.
O bilhete custa €12,00 e dá igualmente acesso ao Fórum Romano e ao Palatino.Para evitar as enormes filas sugerimos que adquiram o ingresso à entrada do Fórum Romano. 






3.Foro Romano
Apesar deste local se encontrar totalmente em ruínas a verdade é que mesmo assim ao caminharmos por entre os restos dos antigos monumentos colunados,facilmente damos conosco a viajar no tempo.O Fórum era na altura o centro cultural e intelectual da cidade.
Não deixar passar a oportunidade de despender um pouco de tempo para apreciar de forma mais cuidada o Tempio di Saturno,o Tempio de Castore e Polluce,a Casa dele Vestali,a Basilica di Massenzio,o Arco de Tito e o Arco di Settimio Severo.








4.Palatino
Reza a lenda que foi neste local situado no topo de uma pequena colina que Roma nasceu.
Foi aqui que Rómulo depois de ter assassinado o seu irmão Remo em 753 a.C. se estabeleceu e acabou por fundar uma pequena comunidade que mais tarde se transformou na cidade que hoje vemos.
Hoje em dia já nada resta dessa altura.Todo o que aqui existe atualmente remonta ao período do império romano.




5.Pantheon
Situado na Piazza della Rotonda,o Panteão é um dos mais antigos edifícios existentes em Roma e também dos mais bem conservados.Foi originalmente construido há mais de 2000 anos durante o reinado do Imperador Augusto,tendo sido reconstruído anos mais tarde por ordem do Imperado Adriano.
Se a imponência exterior impressiona,o que dizer do interior... 
A enorme Copula (a maior deste gênero em todo o mundo) com o seu óculo aberto por onde entra a luz do dia que ilumina todo o espaço atrai todas as atenções.





6.Piazza di Spagna 
As escadarias da Praça de Espanha (Scalinata di Trinità dei Monti) são uma das imagens de marca da cidade e por diversas vezes já serviram de palco a alguns dos desfiles de moda  que se realizaram em Roma.
Os muitos degraus que sobem em direção à Igreja da Santíssima Trinità dei Monti são igualmente um ótimo local para fazer uma pausa enquanto recarregamos baterias e quem sabe deliciar-se com um refrescante "gelato".




7.Fontana di Trevi
A tradição diz que quem atirar uma moeda para as águas da mais famosa fonte da cidade irá regressar com toda a certeza.
Fica situada na Piazza di Trevi,que na realidade é demasiado pequena para albergar a grande quantidade de visitantes que constantemente entopem a área,seja de dia ou de noite.
Qual a melhor altura para visitar a fonte? Se tiverem coragem para isso sugerimos que acordem bem cedo e tentem chegar ao local antes das sete da manhã.





8.Castel Sant'Angelo
Situado na margem direita do rio Tibre,esta pequena fortaleza foi em tempos usada como mausoléu do Imperador Adriano e sua família.Mais tarde foi transformada num edifício militar e atualmente funciona como Museu.
A denominação atual deve-se ao facto de no ano 590 d.C.,num período em que Roma foi assolada por um grande surto de peste,o Papa Gregorio I garantiu ter avistado o Arcanjo São Gabriel sobre o castelo anunciando o fim da epidemia.
A estátua que hoje vemos foi erguida para celebrar a aparição.
Do alto da muralha temos uma perspectiva espetacular sobre a zona do Vaticano.
A mais bonita forma de aceder ao espaço é através da Ponte Sant'Angelo.






9.Piazza Navona
Na nossa opinião esta é a mais impressionante praça da cidade.Rodeada de bonitos edifícios e de agradáveis esplanadas onde num dia de calor saberá com certeza muito bem beber uma cerveja ou um refresco,enquanto nos deliciamos com as fantásticas vistas.
Diante nós,neste espaço que outrora foi um Estádio Romano com capacidade para cerca de 20.000 pessoas,ergue-se a Igreja Sant'Agnese in Agone.
A "Piazza" acolhe igualmente três fontes.No centro a Fontana dei Quattro Fiumi e nos extremos a Fontana di Nettuno e a Fontana del Moro.





10.Via del Corso
Ora cá está a avenida mais famosa da cidade.É nesta movimentada artéria que se estende por aproximadamente mil e seiscentos metros (desde a Piazza del Popolo até à Piazza Venezia) que podemos encontrar as lojas das mais badaladas e luxuosas marcas.
Vale a pena fazer uma pausa para beber um típico cappuccino italiano no Cafè Greco que já existe neste local desde o século XVIII.




11.Piazza del Popolo
Em tempos funcionou como a principal entrada na cidade para quem ali chegava vindo do norte.Atualmente é só mais uma das muitas lindíssimas praças de Roma e onde se iniciam (ou terminam) algumas das principais avenidas da capital.
Aproveitamos para chamar a atenção que vale a pena perder uns minutos para apreciar a Fontana del Neptuno a oeste e a Fontana della Dea di Roma a este.No extremo sul ficam as Igrejas de Santa Maria del Miracoli e Santa Maria dei Montesanto.
A Arquitectura envolvente é tipicamente de estilo Romano.A única exceção é o grande Oblisco que se ergue no centro que foi trazido directamente do Egipto.






12.Piazza Venezia
Mais uma bonita praça que merece ser visitada.O espaço é dominado pelo impressionante Edifício Vittoriano,construído em honra de Vitor Emanuel II (primeiro rei de Italia).
No topo da grande escadaria encontra-se uma Estátua Equestre do Rei,assim como um monumento que presta tributo ao Soldado Desconhecido aos pés do qual arde a chama Eterna.
Por 6 euros é possível apanhar o elevador que nos transporta até ao nível mais alto do Palácio,de onde é possível obter uma magnifica vista de 360° sobre a cidade.
Para quem não quiser gastar dinheiro,pode subir até à varanda do café/restaurante de onde terá uma visão mais modesta,mas igualmente impressionante.




13.Basilica di San Pietro
Visitar este local é como visitar o coração da religião católica.A mais visitada "igreja" em todo o mundo é igualmente a sede da religião católica dos nossos dias.É impensável ir a Roma e não conhecer este incrível local.
Não esquecer que este é o único estado independente em todo o mundo que se encontra no interior de uma cidade.
O acesso é gratuito,mas como o controlo é bastante apertado,as filas para entrar são sempre gigantescas e é preciso uma boa dose de paciência para aceder ao espaço.O melhor mesmo é madrugar para tentar estar à entrada logo à hora da abertura das portas.
Não esquecer de levar roupa apropriada,pois caso contrário serão barrados pela segurança.
No interior incrivelmente bonito aconselhamos que dispensem um pouco da vossa atenção aos seguinte pontos:
-Altar Papal e Baldacchino de Bernini
-A Pietà (depois da entrada à direita)
-Capela do Coro
-Estátua de S.Pedro
-Trono de S.Pedro
-O Túmulo do Papa Joao Paulo II
-Subida à Cúpula (bilhete comprado à parte €9,00)
-As Catacumbas (onde se encontram sepultados muitos dos antigos Papas)








14.Musei Vaticani
A primeira coisa que temos de dizer sobre os museus do vaticano é que antes de planearem a vossa viagem a Roma devem ter em conta que esta visita vai preencher grande parte de um dia,pois a extensão do espaço é muito maior do que poderão imaginar.Mesmo assim temos a certeza que não vão conseguir ver tudo numa só passagem.
Obviamente que a Capela Sistina não pode ficar de fora dos vossos planos.
As filas à entrada são uma constante.Sugerimos que comprem o ingresso antecipadamente através do site oficial do Vaticano.





15.Bocca della Verità
A Boca da Verdade é uma escultura com mais de 1500 anos que se encontra exposta no átrio exterior da Igreja de Santa Maria in Cosmendim.Conta a história que era usada por um juiz que não querendo assumir a responsabilidade na condenação de alguns criminosos,usava a "boca" como modo de se fazer justiça.O acusado introduzia a mão na abertura e se o magistrado achava que este merecia ser castigado pelos seus atos menos honestos fazia sinal a alguem situado por de trás que com um golpe de machado decepava  a mão do criminoso.
Hoje em dia a escultura não passa de uma mera atração turística que atrai centenas de pessoas que não resistem a tirar a foto da praxe.
Nas imediações deste local não deixar de passar pelo Tempio di Ercole Vincitote,o Arco deli Argentari,a Ponte Rotto,o Teatro Marcello e toda a área arqueológica ao seu redor e o Circo Massimo,do qual hoje em dia já nada resta mas que em tempos foi um dos principais locais de entretenimento da Roma antiga.






16.Trastevere
A não perder.
Este é muito provavelmente o mais carismático bairro de Roma e o nosso favorito.
A cada passagem por este local situado nas margens do Tibre há sempre algo de novo a descobrir.
Sugerimos que guardem os mapas e os guias quando resolverem "passear" por esta zona da cidade.Aventurem-se ás "escuras",deixem-se ir pela vossa intuição e percam-se  pelas ruas e ruelas labirínticas.Vão com toda a certeza encontrar alguns tesouros escondidos.
Trastevere é o local ideal para jantar ou beber um copo depois de um dia inteiro de caminhada.





17.Campo di Fiori
Todos os dias (excepto aos sábados) o espaço encontra-se apinhado com dezenas de bancas onde se vende de tudo um pouco.Este é um dos maiores mercados de Roma e uma ótima maneira de absorvermos a energia que caracteriza a cidade.
Ao final do dia a praça transforma-se por completo e as esplanadas dos restaurantes e bares tomam conta do espaço.





18.Monte Capitolino
Esta é a mais pequena das sete colinas da cidade.O principal ponto de acesso é a Escadaria Cordonata que conduz os visitantes desde a Via del Teatro di Marcelo até à Piazza Campidoglio.
No topo os grandes pontos de interesse são o Palazzo Nuovo,o Museo Capitolino,e a
Estátua Equestre de Marco Aurelio (a original encontra-se no interior do museu do Capitolino) a Fontana della Dea Roma e também a réplica da famosa Estátua da Loba com Romulo e Remo.
O edificio mais imponente e que mais se destaca em toda a praça é o Palazzo Senatorio que atualmente alberga a câmara municipal de Roma.
As melhores vistas sobre o Fórum Romano são obtidas a partir das duas varandas situadas da parte de trás do "Palazzo".






19.Via dei Fori Imperiali
Vale a pena percorrer a pé esta avenida que se estende entre o Coliseu e a Piazza Venezia.Este é muito provavelmente o ponto da cidade onde existem mais vestígios e ruínas do antigo império por metro quadrado.
Destaque para a Colonna Traiana,o Foro e o Mercato di Traiano,o Foro di Augustus e também o Foro di Nerva.






20.Basilica di Santa Maria Maggiore
Uma das quatro grandes basílicas existentes na capital.Fica situada na Piazza Santa Maria Maggiore a uma curta distância da Estação Termini.
O acesso é gratuito e vale mesmo a pena entrar,pois o interior é bastante bonito.






Esperamos que esta crónica ajude na organização da vossa viagem.Acreditamos que com as fotos e explicações tenhamos conseguido convencer os mais indecisos.
Não se esqueçam que Roma é uma cidade para se visitar calmamente,sem pressas.O importante é regressar a casa com a consciência de que tivemos o privilégio de estar numa cidade que em tempos foi considerada o centro do Mundo.Pode-se dizer que muito do que somos hoje se deve em parte aos avanços técnicos e governamentais que tiveram lugar naquela época

Podem acompanhar as nossas viagens e ver as fotos deste e de outros destinos na pagina do Diario das Viagens no Facebook.


1 comentário:

  1. Riqueza de detalhes!Impressionante! Muito obrigada,!

    ResponderEliminar