segunda-feira, 15 de junho de 2020

LAGO TONLE SAP (CAMBOJA) - DE BARCO ENTRE SIEM REAP E BATTAMBANG

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Depois de três dias em Siem Reap, despedimo-nos da região sob uma incomodativa chuva que de uma forma quase irritante nos relembra que estamos no início da época das monções.
O trajeto é longo e será inteiramente realizado num frágil e pouco confortável barco de madeira que ainda assim avança a bom ritmo sobre as águas turvas mas tranquilas do Lago Tonle Sap. Os pingos de chuva em conjunto com os salpicos que se soltam daquele imenso espelho de água molham-nos o corpo, turvam-nos a visão e impedem-nos de desfrutar da indescritível beleza que nos envolve. 
Se o primeiro par de horas é passado com esporádicas espreitadelas para lá das lonas que por agora cobrem a quase totalidade das laterais da embarcação, a verdade é que a certa altura tudo se altera e apesar do céu permanecer coberto de ameaçadoras nuvem cinzentas, o seu mau humor matinal desvanece-se, dando à paisagem uma dimensão que suplanta todas as nossas expectativas. 

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

O mais extenso lago do Sudeste Asiático apresenta-se sem filtros, projetando em si o lado mais genuíno das gentes do Camboja. Na margem mais próxima sucedem-se pequenas aldeias compostas por construções de aspeto modesto que flutuam ao sabor da maré, completamente à mercê das vontades e dos caprichos do gigante Tonle Sap. Por aqui não há espaço para o preconceito e a simplicidade não parece ter um impacto direto na felicidade de quem por ali vive. 


Vemos sobretudo pescadores que vão e vêm nos seus barcos de madeira e meninos e meninas de sorriso fácil que fazem daquelas águas a sua piscina de eleição. Tudo isto que por nós vai passando é, ao que parece, o retrato fiel destas pequenas comunidades que vivem de e para o lago. Ainda que , este seja um pequeno mundo pintado à medida dos seus habitantes, cada pessoa nele presente está longe de ser uma simples personagem criada para satisfazer a curiosidade dos turistas que diariamente cruzam aquelas águas. São pessoas reais, com sentimentos puros e que à nossa passagem nos presenteiam com acenos e sorrisos capazes de conquistar os corações de todos aqueles que connosco partilham a embarcação, fazendo-nos por momentos esquecer a desagradável sensação causada pela roupa húmida que nos arrefece o corpo.

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

Visitar Angkor Wat - Lago Tonle Sap

A certa altura o grande lago dá lugar a num longo canal que estreita a cada quilómetro percorrido, mostrando desta forma que Battambang é já ali e que a nossa viagem está prestes a terminar. Poderíamos ter feito tudo de forma diferente até porque sabíamos de antemão que a viagem de autocarro seria mais rápida e seguramente mais cómoda, mas acabaria também por ser uma experiência igual a tantas outras. Como tal, optámos por fazer algo diferente e depois de recolher algumas opiniões positivas de quem já havia realizado este trajeto não deixámos passar esta oportunidade que acabaria por se transformar numa das mais genuínas experiências vividas durante a nossa passagem pelo Camboja.



PARA SABER MAIS SOBRE AS NOSSAS VIAGENS E VER AS FOTOS DESTE E DE OUTROS DESTINOS ACOMPANHE O DIÁRIO DAS VIAGENS NAS REDES SOCIAIS:

Sem comentários:

Enviar um comentário