quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

MEKNÈS - UM IRRECUSÁVEL CONVITE À DESCOBERTA

O que visitar em Meknès, Marrocos

Meknès parece preguiçosa em acordar. Nesta manhã de sábado, as ruas desertas de gente contrastam com a vivacidade e a agitação testemunhada aquando da nossa chegada na noite anterior. Sinto que esta é uma espécie de nova apresentação. Ao segundo contacto a cidade revela-nos a sua faceta mais contida, na qual as pessoa parecem ter sido substituídas por dezenas de gatos vadios que por entre a penumbra são para já reis e senhores das ruas da Medina. Numa estreita viela somos envolvidos por um agradável perfume a menta que nos lança o convite sem direito a recusa para uma chávena de chá carregada de açúcar.
No exíguo espaço somos um alvo fácil para os dois homens sentados numa mesa contígua, que num francês arcaico tentam com algum esforço, satisfazer a curiosidade perante a presença de dois estrangeiros. De forma limitada, o diálogo prolonga-se para lá do que havíamos previsto ficar, ainda que inevitavelmente nos tenhamos de despedir. 
No regresso ás ruas constatamos que a cidade se mantém mergulhada numa calma difícil de explicar. Cruzamo-nos com alguns comerciantes que sem grandes pressas abrem as suas lojas para aquela que será seguramente uma jornada igual a tantas outras, e por agora, só mesmo o chamamento para a oração tem o condão de trazer alguma movimentação ás ruas mais próximas de uma das Mesquitas ali existentes.
Quanto a nós e impedidos de aceder àquele espaço sagrado mantemos-nos focados em percorrer cada recanto da Medina, seguindo de forma aleatória quem por nós vai passando na esperança que os seus passos nos levem a descobrir alguns segredos que só eles conhecem ou que a sorte possa, quem sabe, colocar no nosso caminho. 

.LEIA TAMBÉM: ROTEIRO COMPLETO PARA VISITAR O MELHOR DE MARRAQUEXE










O QUE VISITAR DURANTE UMA PASSAGEM POR MEKNÈS

Ainda que existam um número considerável de locais de interesse cultural e histórico na cidade, a verdade é que poderá tirar o máximo partido da sua passagem por Meknès sem ter que se focar exclusivamente naqueles pontos turísticos presentes na lista da maior parte dos visitantes.
Mesmo assim e de forma a que a sua visita seja o mais variada e completa possível, deixamos-lhe uma lista de locais e experiências que achamos que deverá ter em conta se pensar conhecer esta cidade.



.ACORDE CEDO E VISITE A MADRAÇA BOU INANIA ANTES DA CHEGADA DAS MULTIDÕES
Aproveite a calma matinal para desde logo ficar a conhecer um dos mais bonitos locais da cidade. Ás primeiras horas da manhã a afluência de visitantes é bastante reduzida e com toda a certeza terá a oportunidade de se passear por todo o complexo sem a companhia de outras pessoas. Sugerimos que não resuma a sua visita ao piso térreo. Suba até ao nível superior e percorra cada um dos pequenos quartos que em tempos serviram de guarita aos estudantes.
.VALOR DO INGRESSO: 60 MAD




.NÃO TENHA RECEIO DE SE LANÇAR À DESCOBERTA DAS RUAS LABIRÍNTICAS DA MEDINA
Por ser relativamente pequena, a Medina de Meknès é o local ideal para testar o seu sentido de orientação. Ainda que inicialmente se possa sentir pouco à vontade com a permanente sensação de estar perdido e sem saber muito bem qual a direção a seguir, sabemos (por experiência própria) que com um pouco de paciência encontrará o seu caminho e acabará por desfrutar desta experiência singular.  Pouco a pouco irá fixar os seus próprios pontos de referência e num esfregar de olhos já se sentirá como se toda a vida tivesse feito parte das ruas labirínticas da zona mais carismática da cidade.




.PERCA-SE POR ENTRE AS CORES, PERFUMES E SABORES DOS BAZARES EXISTENTES
Não haverá melhor local para entrar em contacto com a população que os típicos e movimentados bazares onde tudo se compra e tudo se vende. Em Meknès tal como em grande parte do país estes mercados parecem ter evoluído pouco ao longo dos tempos e ainda que não tenha como objetivo adquirir algo, deixe que os seus sentidos tomem conta de si. Caminhe por entre as bancas e cumprimentado quem consigo se vai cruzando. 
Se quiser fotografar algo ou alguém não se esqueça de pedir antes de o fazer.





.VISITE A BAB MANSOUR EL ALEUJ E AS OUTRAS PORTAS QUE RODEIAM A CIDADE VELHA
Muito do exotismo que caracteriza Marrocos advém em grande parte da sua arquitetura fora do normal e uma vez em Meknès o visitante terá a oportunidade de estar frente a frente com alguns exemplos de belíssimas antigas construções. Ao redor de zona antiga encontram-se diversos bonitos portais de pedra que no passado serviam de porta de entrada na antiga cidade. Gostámos especialmente das magníficas Bab Mansour el Aleuj e Bab el Khemis.




.SINTA A VERDADEIRA ALMA DE MEKNÉS ENQUANTO PASSEIA PELA PRAÇA EL HEDIM
Será certamente neste enorme espaço público que encontrará o lado mais genuíno do povo local. A cada final de tarde a Praça El Hedim transforma-se numa espécie de circo a céu aberto, no qual alguns artistas de ocasião tentam chamar a atenção de quem por ali circula. Neste palco improvisado cruzamo-nos com malabaristas, encantadores de serpentes, macacos que fazem macacadas e até avestruzes que a troco de um par de moedas posam para as câmaras fotográficas de alguns turistas. 




.VISITE OS ANTIGOS ESTÁBULOS REAIS E A PRISÃO DE KARA
Inicialmente tínhamos como objetivo visitar estes dois locais. Contudo, e devido ás tarifas (na nossa opinião) exageradas dos ingressos optámos por não o fazer. Durante os últimos tempos o governo Marroquino achou que seria oportuno inflacionar os preços de grande parte dos monumentos históricos para valores que na maioria dos casos chegam a atingir sete vezes mais do que originalmente acontecia. Como não compactamos com este tipo de aproveitamento turístico fomos forçados a redefinir os locais que queríamos mesmo visitar e estes dois acabaram por ser excluídos da nossa lista.


INFORMAÇÕES ÚTEIS:

-QUANTOS DIAS FICAR
Tendo em conta a nossa passagem por Meknès, podemos garantir que um dia será suficiente para ficar a conhecer o melhor que a cidade tem para oferecer. Todos os locais acima descritos poderão ser percorridos de forma tranquila durante uma curta visita. Ainda assim sugerimos que acrescente mais um dia à sua estadia de forma a ter a oportunidade de se lançar à descoberta das ruínas da antiga cidade romana de Volubilis, situada a cerca de 25km's de Meknés. 

-VISITAR VOLUBILIS A PARTIR DE MEKNÈS
As ruínas da antiga cidade romana de Volubilis são uma excelente opção para enriquecer ainda mais a sua passagem por Meknès. Volubilis é uma das mais importantes zonas arqueológicas do país e devido à sua proximidade com a cidade fizemos questão de guardar uma manhã para visitar e saber um pouco da história deste local.
.A crónica completa sobre a nossa visita ás ruinas de Volubilis pode ser lida AQUI.

-ONDE DORMIR EM MEKNÈS
Durante a nossa curta passagem por Meknés e de forma a rentabilizar o tempo que disponhamos, fizemos questão de ficar alojados no coração da Medina e o Riad Dar Al Katib foi a escolha mais óbvia para uma estadia que nos proporcionasse o conforto que procurávamos a um preço bastante acessível. Além da localização, destacamos também a simpatia, a excelente decoração e o completo pequeno almoço tipicamente marroquino que a cada manhã nos foi servido. O Riad Dar Al Katib nasceu num antigo edifício construído há mais de 300 anos, no qual ainda é possível ver alguns apontamentos que fazem parte da sua construção original. O espaço é composto por um enorme e bonito pátio central, ao redor do qual se situam os cinco quartos, cada um deles decorado de forma tradicional.  
.A crónica completa sobre a nossa estadia no Riad Dar Al Katib pode ser lida AQUI.





PARA SABER MAIS SOBRE AS NOSSAS VIAGENS E VER AS FOTOS DESTE E DE OUTROS DESTINOS ACOMPANHE O DIÁRIO DAS VIAGENS NAS REDES SOCIAIS:

Sem comentários:

Enviar um comentário